Wednesday, 24 de July de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1297

Edição: 1007

50 tons de Temer na Dinamarca tupiniquim

“Estamos num lamaçal”, Álvaro Dias (Podemos), ao entrar nos estúdios da TV Record para o último debate no domingo 30/9, explicou à imprensa em uma frase porque quer ser presidente. Vestia, como a maioria dos candidatos, terno escuro sobre camisa branca e gravata azul, e demonstrava irritação e cansaço. Geraldo Alckmin (PSDB) veio atrás ainda […]

#Elenão! #Elenão!

Sem bola de cristal, não consigo imaginar o que nos trarão as próximas semanas e se a frágil estrutura democrática brasileira irá suportar a ameaça próxima, visível, opressiva e sufocante de um novo período de trevas, perseguições, irracionalidade e da falta de liberdade. Pura paranóia de quem viveu os primeiros anos da ditadura militar e […]

Atlas da Notícia: participe do projeto que está mapeando os veículos noticiosos do Brasil

O mês de outubro é estratégico para o envio de informações para a próxima edição do Atlas da Notícia, prevista para novembro. Nós queremos conhecer detalhes dos veículos já mapeados, além de monitorar também a extinção dos jornais impressos. Lembramos que o projeto tem a proposta de conhecer a realidade do jornalismo brasileiro contemporâneo em […]

Mais diálogo e menos espetáculo, por favor

Publicado originalmente pelo objETHOS. As entrevistas do Jornal Nacional com os presidenciáveis Jair Bolsonaro (PSL), Marina Silva (Rede), Ciro Gomes (PDT) e Geraldo Alckmin (PSDB), no final de agosto, bem como com Fernando Haddad (PT), no último dia 14, causaram inquietação e muito burburinho nas rodas de conversas da população, especialmente nas dos jornalistas. Tal debate social […]

Uma crítica à literalidade do médico

A Faculdade de Educação da Universidade Federal Fluminense promoveu, no dia 26 de setembro de 2018, um encontro para homenagear uma das fundadoras do PROALE, Programa de Alfabetização e Leitura. Glória Pondé, que também foi diretora da FNLIJ, Fundação Nacional para o Livro Infantojuvenil, faleceu em 2006 e seu legado só recentemente começa a ser […]

Gênero, discurso e mídia: por que discutir a cobertura jornalística?

Houve um tempo em que a discussão sobre gênero na imprensa era reduzida a uma questão gramatical. Nas redações, era comum, por exemplo, o conflito sobre usar o artigo definido “a” diante do substantivo “travesti” — como o movimento solicitava — ou usar “o”, como os dicionários registram. Hoje, em época de discussões sobre direitos […]