Friday, 23 de February de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1275

Edição: 55

Observação conservadora

Abertamente posicionado como um observador conservador da imprensa norte-americana, Media Research Center (MRC) é um media watch que pretende trazer maior ‘equilíbrio político e responsabilidade’ para a imprensa dos Estados Unidos. O MRC, que existe desde 1987, possui várias publicações e freqüentemente tem alguns de seus membros discutindo a mídia em programas de TV ou […]

Ponto de vista africano

Criado para reportar e discutir os problemas do continente sob a ótica de seus próprios jornalistas, AfricaNews é um veículo de informação mensal produzido por jornalistas independentes de vários países africanos. A maior partes das matérias do site trata de direitos humanos, política local, justiça, religião e conflitos na República Democrática do Congo, Etiópia, Eritréia, […]

A fila dos insensatos

José Antonio Palhano (*)   omingo, 10 horas da manhã, principal cruzamento da maior avenida de Campo Grande, MS (700 mil habitantes). Trânsito pesado, três quarteirões engarrafados. Homens e mulheres, jovens em sua maioria, desdobram-se entre os veículos para atender, aproveitando o tempo vermelho do sinal, todos os motoristas que, de braço estendido para fora, […]

A Internet como ferramenta de controle da qualidade científica

  “O mais temido prêmio da ciência foi concedido quinta-feira na Universidade Harvard, nos EUA. E, desta vez, com um caráter mais cético do que o normal: estão entre os vencedores alguns exemplos da falsa ciência que assola o planeta. O prêmio Ig Nobel (trocadilho com a palavra “ignóbil”) é concedido como um ?antiprêmio Nobel? […]

Saramago depois do Prêmio

Esdras do Nascimento   José Saramago ganhou o Prêmio Nobel de Literatura: além da honraria, cerca de US$ 900 mil e, provavelmente, novas traduções dos seus livros em vários países. Jornais e revistas brasileiros noticiaram o fato como uma espécie de glorificação da língua portuguesa. A partir daí novas portas se abririam para a literatura […]

Crise nas empresas

Edição de Marinilda Carvalho “A respeito da matéria Crise das empresas jornalísticas ou crise do jornalismo?, de 5/10: sou estudante de Jornalismo. Escuto todos os dias aquele batimento de que esse pessoal novo não aprende nada, é ?abobrinha?, como a própria matéria sugere. Até concordo. Mas por que deixam profissionais (?) assim entrarem em ação? […]

Ninguém fura ninguém

Sidney Garambone   O trabalho direto e cotidiano com o jornalismo cultural, no Brasil, traz uma certeza. Ninguém fura ninguém, e pensa que está furando todo mundo. Há poucos dias, a assessoria de imprensa de uma grande gravadora tomou um susto ao ver um de seus discos já analisado por um jornal. Até a foto […]

A criança no poder

TT Catalão (*)   O Correio Braziliense, ao orientar sua edição de 12 de outubro para a visão de mundo da criança, pretendeu ir além da mera homenagem. A idéia já havia sido tentada, mais tímida, um ano antes. Na edição deste ano, as crianças interferiram na feitura do jornal. Ocuparam em opinião e arte […]

Manchete errada, bovinos e Pedro Bial

Lira Neto, ombudsman de O Povo (*) “Se você diz que há elefantes voando no céu, as pessoas não vão acreditar em você. Mas se você disser que há quatrocentos e vinte e cinco elefantes no céu, as pessoas provavelmente acreditarão” Gabriel Garcia Marquez, escritor e jornalista   a terça-feira da semana passada, um despacho […]

Pernas curtas (*)

L.N. Coluna publicada em 5 de outubro:   “O compromisso fundamental do jornalista é com a verdade dos fatos, e seu trabalho se pauta pela precisa apuração dos acontecimentos e sua correta divulgação “ Código de Ética do Jornalista, artigo 7? Domingo, 27 de setembro. Manchete do O Povo afirmava: “Políticos dominam 45% das rádios […]

Neonazismo: falta reflexão

Marco Antônio Marcondes Pereira (*)   lgumas reportagens, veiculadas na imprensa paulista no final de agosto último, trataram da questão do preconceito racial e de origem, entre as quais estão as publicadas sob os títulos: “Estudante da USP defende organização que fundou inspirada em Adolf Hitler” (OESP), “Estudante se retrata por termo racista”, “Pai de […]

Cidadãos, consumidores, acionistas e mercado

Betch Cleinman (*)   noção econômica que anda predominando nas mentes e nos salões globalitários é a de que o consumidor seria um dos novos monarcas da atualidade. Seu desejo de obter produtos e serviços cada vez mais baratos não pode ser contrariado. E o único meio de satisfazer sua vontade seria o corte de […]

O último escaler do Titanic

Carlos Marchi (*)   epois do que se viu este ano, não há mais como adiar a adoção de uma regulamentação para a divulgação de pesquisas de preferência eleitoral em datas próximas a eleições. Nas eleições de 1998, as pesquisas foram (ab)usadas de forma imprópria e, em alguns casos, escandalosa; com freqüência incômoda, transformaram-se em […]

Instituto não deve estar a serviço da pesquisite

Alberto Dines   odos se autodenominam “institutos”. Ninguém reparou que o nome veio do Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística, o primeiro no gênero no Brasil, o famigerado Ibope, único dicionarizado como substantivo e também conotado como adjetivo (= prestígio). Instituto é instituição ou entidade dedicada a altos estudos, estabelecimento de ensino ou pesquisa. […]

A superfície pauta

Mauro Malin   ocê abre jornais e revistas em São Paulo, num domingo, 18 de outubro, em pleno segundo turno das eleições para governador de São Paulo, e encontra uma coincidência: a Revista da Folha de S. Paulo e a Veja São Paulo enquadram a disputa eleitoral num confronto de dois engenheiros, Paulo e Mario, […]

Midiativas

TT Catalão   esquisa eleitoral deveria ir para a Bienal: vale mais a leitura que se faz da obra do que o conteúdo que a justifica… Além de ser antropofágica: várias candidaturas e coberturas jornalísticas foram devoradas pela sedução dos números absolutos. Agora, sob o fogo cerrado dos perdedores, os institutos de pesquisas certamente já […]

Crise nas empresas ou crise do jornalismo? (II)

Alberto Dines   # O problema é geral? Veja o que a acontece no NYTimes, na Folha e na Abril A receita líquida do grupo The New York Times aumentou no terceiro trimestre de 98: passou de US$ 46 milhões em 1997 para US$ 55 milhões em 98. Apesar da queda generalizada no faturamento publicitário […]

A colheita dos coronéis

Jayme Brener   s urnas bafejaram, nas eleições de 4 de outubro, diversos políticos beneficiados por autorizações de instalação de Retransmissoras de TV (RTVs) no governo FHC. No Pará, por exemplo, vai ao 2º turno das eleições para governador o cacique Jáder Barbalho, sócio da TV RBA (Bandeirantes), autorizada a montar três RTVs. Integrantes de […]

Furo em Madri: errou o ministro ou a Folha?

O MODO DE OBTER UMA informação pode desqualificá-la. Foi isso o que dissemos quando a repórter de Veja, sem identificar-se, juntou-se à equipe de advogados de defesa do “maníaco” do Parque e ouviu a sua confissão. A onda armada pela Folha com relação a este caso seguiu o mesmo raciocínio. Que também funciona no Direito […]

Reflexão inútil para um receituário fútil

Até quando todos os jornalistas vão conseguir disfarçar e tentar enganar o leitor sobre a cobertura jornalística das eleições????? A imprensa está completamente mancomunada com o governo. Enquanto se discute pesquisa, o segundo turno já está sendo manipulado, favorecendo todos os candidatos que interessam para apoiar o governo com a ilusão de que as reformas […]