Thursday, 18 de July de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1297

O jornal como instrumento de pesquisa

A comunicação desempenha relevante papel porque ela é que constitui a cultura de massa, o desenvolvimento humano, o processo de contínua descoberta, de pesquisa. A velocidade da informação, somada à massificação, cria riscos à qualidade do que conseguimos absorver, pois num mundo globalizado, abrir espaço para pensar, refletir, são passos que diminuem muito a margem de erros.

Estamos conectados com o mundo e com tudo que acontece o tempo todo. O interessante é saber usar esse leque de oportunidades, de possibilidades. Integrar mídia e instrução, comunicação e conhecimento é essencial para adjudicar conteúdos éticos a massificação, agregando conceitos a comunicação através das mídias comunicar valores. Fortalecer a cidadania, construir o conhecimento e o senso crítico.

Dentre o conjunto de veículos comunicação, o jornal aparece como ferramenta estratégica na educação, como canal que leva esses conteúdos éticos, revoluções de ideias, formando opiniões firmes e embasadas. Ele é uma das formas de expressão que permanece forte, vivo, diante da crescente evolução tecnológica, do aumento das mídias digitais. A leitura do jornal conecta o leitor a várias culturas, com o mundo. Através das informações que lemos diariamente podemos ter uma dimensão mais rica da realidade.

‘O jornal é um livro diário que coloca frente aos olhos todos os dias uma porção de todas as culturas do mundo. Nesse ponto chega a modificar radicalmente a tendência da imprensa em acentuar tão somente a cultura nacional’ (Marshall McLuhan in Teoria da Cultura de Massa, p. 152).

O leitor crítico e consciente

A sala de aula deixou de ser um espaço que apenas o professor é o dono do discurso, da verdade absoluta, ela é sim a representação do conceito de comunicação, transmissão ideias, de informação, de conhecimento e tudo isso acontece numa troca, em grupo onde todos compartilham suas experiências, o saber é construído coletivamente. Toda forma de saber é valorizada, o livro e o professor não são os únicos centros de conhecimento. Neste sentido, o jornal é considerado grande aliado na prática pedagógica.

Um material acessível, rico em conteúdos mistos pois, publicam notícias e opiniões que abrangem os mais diversos interesses sociais.

‘O conteúdo dos jornais, suas mensagens e informações, promovem sem cessar o nacionalismo. Mas a forma da página do jornal é poderosamente intercultural e internacional. A mensagem não expressa de uma única coleção de novos tópicos de todas as partes do mundo,é que o mundo hoje é uma única cidade’ (Lima, Luiz Costa: Paz e terra p. 146).

Nesse contexto, cremos que integrar a comunicação na sala de aula aumenta a capacidade de percepção de mundo, o conhecimento pois permite uma interação maior com a sociedade em que vivemos como também conhecer outros universos.

A prática pedagógica é um meio de relacionar diversos signos, proporcionar a criação de uma intimidade do leitor com o mundo, com o factual, com a modernidade, com as tecnologias, as novas mídias, enfim, oportunizar uma reflexão em torno da formação de um leitor crítico e consciente.

******

Jornalista, Carpina, PE