Friday, 23 de February de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1275

Marte e o besteirol científico

Bill Clinton colaborou porque está em campanha eleitoral e tudo lhe serve para badalar, a imprensa americana magnificou burramente porque no tórrido mês de agosto os titulares estão de férias e o banco de reservas só pensa em garantir sua contratação às custas de furos espetaculares.

A remota hipótese de vida incipiente em Marte é um exemplo de como a imprensa está despreparada para cobrir as ciências, sobretudo as exatas. Afinal, estamos no inverno, os quadros das redações estão completos, os consultores não viajaram, os especialistas disponíveis para colocar nos devidos termos uma hipótese há muito considerada viável.

Jornalista brasileiro em geral não sabe o que vem a ser o Big Bang mas adora fazer big-bang com qualquer informação científica para fingir acuidade.