Monday, 20 de May de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1288

Hipermercados Torquemada


Continente, Pão de Açúcar e Jumbo, três cadeias de supermercados de Portugal, proíbem a venda do livro A Casa dos Budas Ditosos, de João Ubaldo Ribeiro [veja remissões abaixo].

Carlos Oliveira Santos

"Falemos claro.

Continente de lixo.

Pão de merda.

Jumbo de ranhosos.

Três cadeias de hipermercados, em Portugal, decidiram proibir a distribuição e venda, nos seus espaços, do livro do João Ubaldo Ribeiro, A Casa dos Budas Ditosos.

Porra, dez milhões de vezes porra. Porra. Porra.

Escarraram em nós e ainda nos cheira a sabonete.

Como é possível descer tão baixo?

Têm os portugueses o cérebro enterrado dentro de um saco de plástico? Do Continente? Do Pão de Açúcar? Do Jumbo?

Invadiram o Timor da nossa própria consciência.

Ninguém grita? Ninguém se manifesta? Ninguém se veste de qualquer cor que seja, desde que seja a da indignação?

O país da Expo! O país das capitais culturais! O país da Euro 2004! O país que o Papa vai visitar para o ano?

Quem és tu? O que estás a fazer de nós?

Nunca, em Portugal, se editaram e venderam tantos livros, tanta gente se pavoneou como autor, tantos jornais e revistas invadiram as bancas, tantas televisões encheram as salas. Para quê? Ninguém que saiba ler e escrever uma única palavra que seja pode fazê-lo tranqüilamente, sem revolta, sem nojo.

A barbárie está mesmo à frente do Skip da nossa consciência, do Trinaranjus do nosso sumo, do Vaqueiro do nosso tutano, do Fula do nosso suor, do Nobre da nossa dignidade.

Ninguém a morde?

Não vos digo o que fazer. Detesto que me digam o que devo fazer.

Mas façam.

João, meu irmão, tenho vergonha.

Mais uma vez."

"Filhos da puta", copyright revista DNA, do Diário de Notícias, Lisboa (11/12/99).

 

Leia também

O rei do sexo

Repórteres nada ditosos