Monday, 17 de June de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1292

Aylan Kurdi

Quando os fins justificam os meios

Com apenas três anos, o menino certamente não compreendeu bem o que estava acontecendo. Seus pais o conduziram a um barco, dizendo que, após a travessia, tudo seria melhor. Como todo bom filho, obedeceu sem pestanejar. Ele mal sabia da terrível guerra que deixou para trás. Não sabia, igualmente, que a aventura de barco seria […]

Quem afogou o menino sírio? Ou curdo?

Desta vez, os porteiros das redações se questionaram e vacilaram antes de postar a arrasadora foto, a última que se fez do menino Aylan Kurdi. Hesitação decente, conscienciosa: ao postar, publicar ou inserir fatos ou fotos o jornalista deve formular ao menos uma pergunta: estou contribuindo para melhorar a humanidade? A resposta afirmativa, unânime, e […]

Muito além de Aylan Kurdi

O drama dos refugiados dos conflitos do Oriente Médio que chegam à Europa e a crise humanitária decorrente das dificuldades (ou a falta de desejo) para acomodá-los é mais um exemplo de como o jornalismo – no mundo todo, em geral – falha na sua tarefa de antecipar o debate de problemas sociais graves e […]

Crianças e guerras

Fantasias pueris, insensatas — guerras são travadas por crianças que se imaginam adultos e invulneráveis. Morrem estupidamente nos campos de batalha ou são afogadas em praias rasas, tépidas e sossegadas, iludidas pelo fim do tiroteio. Quando sobrevivem esquecem o horror para, de novo, envergar uniformes. A foto do menininho sírio Aylan Kurdi carregado pelo policial […]