Sunday, 16 de June de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1292

Despedida da direção

Tal como fiz quando de minha posse na direção da TV Câmara, venho comunicar a minha substituição pela jornalista Sueli Navarro, que retorna ao cargo que ocupava antes de mim. A explicação que recebi para a minha substituição na direção da TV foi a necessidade de a nova presidência atender a demandas de natureza política. O deputado Aldo Rebelo (PC do B-SP) foi eleito por uma coligação de partidos, e se tornava imperativa, portanto, uma redistribuição dos cargos de direção na Câmara dos Deputados conforme o peso de cada legenda, como foi o caso do PT, o maior responsável pela vitória do novo presidente.

Conheço a casa há quase 40 anos, desde que comecei a trabalhar no ‘Jornal do Brasil’ em Brasília. É uma casa política. A qualquer momento estamos sujeitos a decisões dessa ordem. Fazem parte da natureza do poder onde nos inserimos.

Durante minha curta permanência (pouco mais de três meses) na direção, busquei valorizar o trabalho anterior, excelente sob todos os aspectos, bem como imprimir mais agilidade jornalística a uma emissora cujo maior atrativo é o fato de ser fonte primária de informação. Fiquei feliz pelo fato de alguns analistas de televisão terem percebido as mudanças iniciadas, ainda que timidamente, diante da circunstância de assumir a direção num dos momentos mais dramáticos da história da Câmara dos Deputados, quando pela primeira vez um seu presidente foi obrigado a renunciar para não ser cassado.

Pretendia realizar alterações mais profundas na emissora, com intenção de aproximá-la cada vez mais do seu público. É tarefa que poderá ser enfrentada pela nova direção, se for de sua conveniência e de seu desejo.

Quanto a mim, deixo o cargo na certeza do dever cumprido. Vou continuar, com a dedicação de sempre, a apresentar o ‘Comitê de Imprensa’ e presidir o Grupo de Trabalho que está sendo criado pela Presidência da Câmara para dar início ao processo de ampliação do sinal da Rádio e da TV Câmara, a fim de que as duas emissoras possam chegar à maior quantidade possível de lares brasileiros.

Agradeço pelo apoio e pelo incentivo dos meus superiores.

Um grande abraço, um Natal de muita Paz e um Ano Novo pleno de realizações à nova administração, aos colegas e aos amigos de antes, de agora e de sempre.

Paulo José Cunha

***

Muda direção da TV Câmara

Sueli Navarro substitui Paulo José Cunha

Sueli Navarro, a nova diretora da TV Câmara, tem uma longa história na área da Comunicação Social. Paulista do interior, formou-se em jornalismo e economia pela UnB e, desde então, passou por praticamente todos os meios de comunicação. Depois da redação da Rádio Nacional, onde trabalhou ainda como estudante, transitou pela redação de vários jornais, como o Correio Braziliense, o Jornal de Brasília e o JB. Na TV Bandeirantes foi subchefe de redação, e no SBT chefiou a produção de jornalismo.

Na área da comunicação política, seu espectro de atividades tem sido igualmente amplo. Fez parte da equipe de jornalismo da campanha de Tancredo Neves à presidência, no Colégio Eleitoral. No governo Sarney, foi assessora de imprensa do ministro Fernando Lyra (PDT- PE), antes de voltar por um breve período ao SBT. Aprovada em concurso para a Câmara, trabalhou na liderança do PMDB e chefiou o gabinete da liderança do PDT, após ter trabalhado com o deputado Aurélio Peres (PCdoB- SP).

Sueli fez parte do grupo de trabalho que montou a TV Câmara, e esteve ligada à mesma desde o início da sua operação, desempenhando as mais diversas funções. Foi editora-chefe de jornalismo, já ocupou a direção e hoje está concluindo um documentário especial, sobre os três presidentes da República eleitos democraticamente que não terminaram seus mandatos: Getúlio, Jânio e Collor. ‘O documentário está quase finalizado, o fato de assumir a direção da TV não irá prejudicar sua conclusão’, garante Sueli.

Paulo José Cunha, o diretor anterior, continuará à frente do programa Comitê de Imprensa e coordenará o grupo de trabalho que cuidará da abertura do sinal da TV Câmara, para que essa possa ser sintonizada em canal aberto. (Transcrito da Revista da Casa da Câmara dos Deputados)

******

Jornalista