Sunday, 14 de July de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1296

Artigos de Arnaldo Bloch


‘Os livros sabem que vão sobreviver a nós’

“Nasci em Botafogo. Sou divorciada e tenho dois filhos. Sou uma pessoa de origem pobre e surpreendo os pesquisadores que me procuram e imaginam outro biotipo. Fui a única da família a fazer faculdade. Minha primeira opção foi biblioteconomia. A segunda, arqueologia. Ofícios muito parecidos” Conte algo que não sei. Ana Virgínia Pinheiro – Um […]


Três lições da sabatina

Como hoje é sábado [13/9], o assunto é sabatina, palavra que, na origem, designa revisões, provas, ou orações feitas no sétimo dia. É também o embate feito por parlamentares com os indicados para agências reguladoras, novos presidentes do BC, embaixadores, magistrados e outros agentes passíveis de defenestração prévia. No caso aqui tratado, são as três […]


Facebook ‘detox’

Não é a primeira vez que desativo minha conta do Facebook, decisão que completa, hoje, 13 dias. Já o fiz por períodos relativamente longos, de duas a três semanas, até no máximo um mês, quando precisava me dedicar a um livro, ou curtir minhas férias, longe de monitores e monitoramentos. Outras vezes, desliguei o Face […]


Jornalista expõe casos de corrupção na Fifa

O jornalista português Luís Aguilar, de 32 anos, é torcedor do Benfica e um apaixonado por futebol. É essa paixão que o motiva a mostrar o lado podre da entidade máxima do esporte, a Fifa, no livro Jogada ilegal (Gryphus), que acaba de ser lançado no Brasil. Em entrevista ao Globo, por e-mail, ele afirma […]


‘O fotojornalismo impresso tradicional acabou’

Giorgio Palmera é fundador e líder da ONG Fotógrafos sem Fronteiras. Italiano, divide a rotina entre agência de imagens e cursos de formação de crianças em áreas pobres e de conflito mundo afora; é capoeirista e está no Brasil. “Tenho 46 anos e já rodei o mundo. Estudei capoeira 15 anos em Roma, mas ainda […]


Buendía

Há livros que conduzem o leitor numa corrente impossível de contornar. Não há pausas cabíveis. Em alguns destes livros, tal caráter é tão proeminente que a única forma de virem à vida sem prejuízo à sua organicidade é a do texto contínuo, sem capítulos, pausas, marcas gráficas de separação ou linhas em branco, recursos muitas […]


‘Humor não serve mais para nada’

O título acima pode dar a entender que Jaguar, o cartunista mais escrachado do país, está amargurado. Afinal, aos 82 anos, teve que parar de beber, um duro golpe. Mas, em quatro horas de conversa, ele emenda uma piada na outra sem perder o fôlego, ri como criança, chama a fotógrafa Ana Branco de ditadora […]


Santiago e a imprensa

Em sóbrio artigo publicado no GLOBO anteontem, o historiador, cientista político e membro da ABL José Murilo de Carvalho critica uma suposta “grita generalizada , envolvendo até o Palácio do Planalto”, contra as ameaças à liberdade de imprensa, o que, de acordo com ele, representa mau jornalismo, visto que a mesma (liberdade) não estava em […]


Ainda biografias

Uma pergunta para Roberto Carlos: se o indivíduo é dono da própria história, como é que se vai escrever a História das Civilizações? Zuenir disse que o assunto tinha se esgotado. Caetano respondeu que o assunto ainda tinha muito o que dar. Ambos têm razão. O assunto esgotou a paciência pública, mas não se esgotou […]


Biografia e castigo

Entre os anos de 1999 e 2000, período em que a legislação censora de 2002 ainda não estava em vigor, trabalhei dia e noite numa biografia de Fernando Sabino para a saudosa coleção Perfis do Rio, da editora Relume Dumará, cuja série inclui, entre dezenas de outras, uma bio autorizada de Chico Buarque escrita pela […]


Sobre nazismo e descrença política

Quando a desilusão contamina a consciência cívica, um monstro sempre responde à evocação da massa, disposto a salvá-la Numa das entrevistas concedidas ao jornalista “independente” David Barsamian entre 2010 e 2012, reunidas no livro “Sistemas de poder” (Editora Apicuri), o linguista, filósofo e ativista político americano Noam Chomsky alerta para os perigos da descrença na […]


O ‘Horta’

Convivi com Luiz Paulo Horta durante exatamente 20 anos, desde quando me mudei da Manchete para O Globo. Eu ainda não era nem balzaquiano, mas já tinha seu nome como canônico dentro da área musical, por suas matérias e críticas no “Jornal do Brasil”. Já vira também alguma foto sua (de papel), ou o avistara […]


A fábula de um ser digital

Quando ele entrou na lista de perfis do Globo, um jornalista argumentou: “O Rodrigo Baggio tem tantos méritos que já ficou manjado…” Verdade. O homem é manjadíssimo. Principalmente por quem é ligado em ativismo social, inclusão digital e conceitos de ponta, como negócio social e sistema B. É o criador do Comitê para a Democratização […]


O livreiro da imprensa

Deu no Ancelmo: França, o livreiro dos jornalistas, se aposentou. Dias depois Arthur Dapieve lhe dedicou uma crônica (http://glo.bo/WkvD8P) que ecoou nas memórias recentes e antigas dos que o conheceram, e emocionou leitores que jamais o viram. Foi o gancho para uma pergunta: o que tem o França a dizer sobre os 40 anos durante […]


Confissões de um menino oitentão

Às vésperas de completar 80 anos, Ziraldo rechaça os mitos da velhice, diz que a libido é mais importante que a ereção e mostra-se pronto a mudar de ideia quando necessário, ao admitir que Monteiro Lobato era racista. Não perdoa, contudo, os amigos que o atacaram por ter recebido indenizações por reparação a danos sofridos […]


O que há no rádio

Lulu, como era conhecido Luís Alberto Oliveira, fotógrafo em Paris entre os anos 1970 e meados dos 90, era amigo de Pelé, fumante furioso e dono de um francês macarrônico. Morava num apartamento de frente para a garçonnière de Napoleão e fritava farofa de ovo para Celso Furtado. Mas, apesar de tantos atributos, morreu sem […]


“Nem a Amazônia pagaria todo o meu sofrimento”

Os passeios na Lagoa acabaram: um câncer linfático crônico, considerado terminal há 11 anos, e que afetou a força de suas pernas, o obriga a passeios modestos, dentro de casa, com fisioterapeutas. Mas quando vai à rua, na condição de cadeirante, Carlos Heitor Cony, 86 anos, não vê limites: viaja para palestras, vai a Nova […]


“Nem a Amazônia pagaria todo o meu sofrimento”

Os passeios na Lagoa acabaram: um câncer linfático crônico, considerado terminal há 11 anos, e que afetou a força de suas pernas, o obriga a passeios modestos, dentro de casa, com fisioterapeutas. Mas quando vai à rua, na condição de cadeirante, Carlos Heitor Cony, 86 anos, não vê limites: viaja para palestras, vai a Nova […]


Aldeia de pixels e papel

Parceiro de Marshall McLuhan, físico, linguista, e especialista em comunicação, Robert K. Logan está no Rio para lançar seu mais recente livro, Que é informação? (Contraponto/Editora PUC, tradução de Adriana Braga), e para uma série de aulas e conferências em universidades e escolas. Quase meio século depois de seu mestre elaborar o conceito de aldeia […]