Tuesday, 18 de June de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1292

Artigos de Fernando Soares Campos

O magnata do petróleo e a moedinha de lata

Já faz algum tempo que a inconformada e desorientada oposição ao governo Lula, com o apoio da imprensa oligopolista, tenta criar clima de intriga internacional envolvendo Brasil, Bolívia e Venezuela. No caso Brasil-Bolívia, chegou-se a instigar um conflito armado entre as duas nações, antes mesmo de se definir, nos fóruns internacionais, uma questão contratual entre […]


O padre, o bandido e a imprensa

Um dos momentos de conforto daqueles adolescentes ocorria aos domingos, quando o padre Júlio prestava assistência religiosa àqueles jovens numa unidade da Febem. Grande parte dos adolescentes ali acautelados por decisão judicial não recebia visita de parentes, mesmo porque muitos deles já haviam perdido o contato com seus familiares há muito tempo. As visitas e […]


Mino Carta esqueceu-se de si próprio

O jornalista Mino Carta, diretor de redação da revista CartaCapital, em artigo intitulado ‘Bom humor global?’, explica por que recusou um anúncio das Organizações Globo: ‘Colocadas em 20º lugar na classificação das Empresas Mais Admiradas no Brasil, que a pesquisa TNS InterScience realiza e a CartaCapital publica, as Organizações Globo pretendiam inserir um anúncio na […]


O american way of life e a Casa Grande

Às vezes, a gente chega a pensar que algumas pessoas estão delirando ao escreverem certas coisas; achamos que se trata de paranóicos, adeptos da teoria da conspiração permanente. Acontece que, há muitos anos, se propala pelos quatro cantos do mundo a ‘democracia dos EUA’, de tal forma que, em determinados momentos, acabamos por duvidar de […]


Malandro demais se atrapalha

A revista Veja (edição 2022, de 22/08/2007) publicou uma ‘pesquisa’ cujo propósito seria ‘…verificar a percepção dos brasileiros em relação às diferentes cores de pele’. A revista informa que ‘…o autor da pesquisa submeteu os entrevistados a um questionário em que eram apresentadas fotografias de brancos, negros e pardos. As pessoas tinham de associar atributos […]


Rede Globo botou a viola no saco

Por que a Globo calou Galvão Bueno na festa do Pan? Que se queira ou não, que se goste ou não, a Rede Globo é uma das mais poderosas redes de TV do mundo. Sustenta, há muitos anos, a maior audiência brasileira. Porém, essa mesma emissora, que tem no povo a sua principal fonte de […]



Quem nasceu primeiro, a corrupção ou o corrupto?

São 57 anos de idade. Comecei a ler aos 4; portanto, 53 de leitura; a maior parte, textos jornalísticos. Ainda alcancei tempos em que as pessoas se aglomeravam em torno de uma banca de revistas e comentavam a manchete que enfocava um misterioso caso de assassinato numa favela. Isso foi antes da banalização da violência, […]


Uma alternativa ao Farfour

Li neste Observatório da Imprensa nota intitulada ‘Praça para crianças palestinas‘.Crianças sem uma praça para brincar?! Não, não consigo conceber. Mal comparando, equivale a adultos sem praça de guerra. ****** Escritor, Rio de Janeiro, RJ


Sua cannabis é um esterco. E sua imprensa?

Está aberta a temporada de debates sobre violência e tráfico de drogas. Em pauta: maconha, cocaína, crack, redução da maioridade penal e a visita de Bush ao Brasil. Manchete de O Globo de segunda-feira (05/03) destaca instituição cujos membros estão sendo cada vez mais arrolados entre os indivíduos de má reputação: ‘Alerj: 55% dos deputados […]


Imprensa e polícia de terceiro submundo

O Globo de domingo (25/2), chama, na primeira página: ‘Mulher de Mantega culpa economia pela violência’. Porém, a matéria trata de uma sugestão que Eliane Mantega, psicanalista, mulher do ministro do Planejamento, teria feito, indicando medidas que poderiam amenizar a violência e a pobreza no nosso país: ‘O que é preciso é que o Brasil […]


Redução da imoralidade penosa

A redução da maioridade penal está nos noticiários. O Globo manchetou neste sábado, 10 de fevereiro: ‘Martírio de criança reabre debate sobre leis mais duras’. Na chamada: ‘Cabral defende rediscussão da idade penal; Lula, CNBB e STF são contra’. Os jornais e televisões criam o clima de discussão e com isso muita gente acredita que […]


Uma coisa é uma coisa…

As coisas andam tão confusas que nunca houve tanta necessidade de se deixar bem claro que uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa. Em artigo neste Observatório (‘Chávez investe contra O Globo‘, tentou dar voz aos supostamente ofendidos:‘Dirão alguns que Chávez reclamou apenas contra um veículo nacional, O Globo, cuja manchete […]


O jornal já não serve para embrulhar peixe

Na quinta e sexta-feira (18 e 19/1), ocorre no Rio de Janeiro mais uma reunião de cúpula dos países integrantes do Mercosul. A pauta da reunião engloba variadas abordagens, desde turismo sustentável e prevenção contra a exploração sexual de crianças e adolescentes até as permanentes questões envolvendo interesses políticos, sociais e econômicos da região. Há […]



A não-reportagem sobre uma não-informação

O jornalismo brasileiro inaugura a ‘não-reportagem ininformativa’. Trata-se de uma dinâmica inatividade jornalística que se ocupa dos fatos que, se tivessem ocorrido, teriam acontecido. É um desses corriqueiros fenômenos inexplicavelmente fáceis de serem incompreendidos. Imagine o repórter chegando à redação e o chefe lhe perguntado:– E aí, conseguiu alguma coisa?– Nada! – responde animado o […]


Intrigas, boatos e jornalismo de opinião

O Jornal da Globo, na noite de 2/5, prestou um desserviço ao jornalismo brasileiro. Na abertura do noticiário sobre a decisão do governo boliviano de nacionalizar as reservas de hidrocarbonetos (petróleo e gás natural), o que já está sendo chamado de ‘guerra do gás’, o âncora fez a seguinte chamada: ‘O Jornal da Globo apurou […]


A palavra, a opinião e o jornalismo

Walfrido Canavieira era um dos personagens mais atuantes em Chico City, programa de grande sucesso de audiência nos anos 1970, na TV Globo. O humorista Chico Anysio interpretava um prefeito corrupto que, quando lhe cobravam o cumprimento de suas promessas eleitorais, respondia sempre com o bordão: ‘Palavras são palavras, nada mais que palavras’. Era assim […]