Tuesday, 18 de June de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1292

Artigos de Ivan Berger

A censura e os peladões do Facebook

Nos tempos insólitos que vivemos, não bastassem os cuidados e precauções normais inerentes ao pega pra capar do dia a dia, é preciso ficar de olho nos mistificadores pseudoliberais e manipuladores da opinião pública que inflam o caótico universo midiático. Gente que se esmera em alardear teses e conceitos baseada em argumentos falaciosos, quando não […]


Laico, ‘pero no mucho’

Como se viu ao longo de toda semana, a impressionante profissão de fé que mobilizou milhares de fiéis das mais diversas procedências, aliada ao show midiático igualmente sem precedentes no país, fez da visita do papa Francisco para a Jornada Mundial da Juventude um retumbante sucesso em quase todos os sentidos. Quase porque, em matéria […]


Revolução ou fogo de palha?

De repente, vê-se o jargão jornalístico acrescido de uma série de esquisitices, entre as quais os inevitáveis neologismos e estrangeirismos pedantes, entronizados pelo que alguns mais apressados já chamam de revolução nos meios de comunicações, na forma do que vem sendo chamado de pós-jornalismo para pós-telespectadores. Tudo em função do fenômeno de integração e interação […]


Narradores demais e interlocutores de menos

Formadores de opinião. Afinal, que planeta habitam, quem efetivamente são os luminares, os tais que em tese fazem a cabeça, norteiam e esquadrinham nossa, mais do que nunca, conturbada sociedade ? Que tipo de poder e influência exerce esta nem sempre atilada e antenada, por assim dizer, reserva moral da nação, e em particular, no […]


O monstro está nas ruas

Passadas três semanas desde que essa gigantesca e inédita onda de protestos ganhou as ruas, há motivos para festejar e lamentar. A festejar, a repentina presteza com que o governo e a classe política despertaram de sua malfadada letargia para ouvir e atender os clamores generalizados, que foram se alastrando a partir da mobilização do […]


A imprensa e a Caixa de Pandora

No fim, tudo se resume à eterna pendenga entre o bem e o mal, entre a virtude e a maldade, o sagrado e o profano, em torno do qual o mundo gravita, com a destreza de um bêbado equilibrista. Hesitante, dividido entre a harmonia e o sincronismo – representado pela criação e ciclo natural da […]


Molho apimentado

Felipão voltou. Pode não ter sido a melhor opção, considerando sua recente – e para muitos, decisiva – contribuição para o rebaixamento do Palmeiras, mas para a imprensa esportiva, em particular, a escolha do novo técnico da seleção não poderia ter sido melhor. Afinal, ao contrário de seu antecessor, o imperturbável e protolocar Mano Menezes, […]


A guerra consentida

O recrudescimento da violência em São Paulo está fazendo com que, enfim, a grande mídia se ocupe devidamente do assunto. No que não faz mais do que sua obrigação, pois não é de hoje que a caótica situação da segurança no estado preocupa, causando desassossego à população sem que as autoridades consigam estancar o avanço […]


Algumas mal traçadas

Um dos muitos equívocos que cometi na vida foi querer ser advogado, pensando em ser juiz lá na frente. Levei dois anos para perceber que não tinha nada a ver com o cipoal de leis e regras que precisava decorar ao pé da letra, sem direito, ops, a improvisações, por mais obsoleto que já na […]


As vaquinhas de presépio

Como tantas coisas na vida, a mídia é um mal necessário. O que não significa que tenhamos que acatar passivamente tudo o que se lê na imprensa, o que se vê na telinha. Como já ensinava o filósofo grego Pirro de Élis três séculos antes de Cristo, nada como uma boa dose de ceticismo para […]


A arte de acobertar mazelas

Houve um tempo em que eu achava que nada poderia ser mais gratificante na seara jornalística do que a publicação de material quente, impactante, o chamado furo de reportagem. Não demorei a descobrir que a coisa não é tão simples assim, que às vezes há informações que por este ou aquele motivo são deliberadamente sonegadas […]


O jornal de touca e pijama

Passava um pouco das 19 horas do último dia 12/1 quando surgiram as primeiras informações dando conta do terremoto que devastou o Haiti, primeiramente, como não poderia deixar de ser, pelas TVs a cabo e internet, e pouco depois abrindo as manchetes dos principais noticiários das TVs comerciais. Embora sem maiores detalhes sobre a extensão […]


O verdadeiro espírito natalino

Abominável essa histeria coletiva de fim de ano. Pergunto-me até que ponto essa compulsão por compras e comilança condiz com o espírito natalino. Por mim, se pudesse, hibernaria nesse período – de bom grado. E não pensem que estou de mal com o mundo, que sou do tipo desajustado ou insensível para encarar assim de […]


Um jornalismo de salamaleques e rapapés

A exemplo do que acontece com frequência no futebol, o grande barato no jornalismo é que o dom, o talento, teimam em despontar de onde menos se espera, driblando as próprias limitações e injunções – as chamadas normas da casa – que normalmente tolhem a imprensa. Como é o caso da conquista do Prêmio Esso […]


Hipocrisia para dar e vender

Preconceito, passionalismo, teorias conspiratórias: velhos temas que sempre rendem um bom caldo na mídia, e que estiveram no bojo das discussões que vararam a última semana, a partir dos casos envolvendo a estudante Geisy Arruda, o apitador Carlos Eugenio Simon, e o apagão que assustou o país na noite de terça para quarta-feira (10-11/11). Diatribes […]


A fama que não desgruda

Sol, calor, a praia acenando com todos os seus atrativos após meses de mau tempo e, no entanto, milhares de santistas e forasteiros espumavam de raiva ao longo de quase toda a manhã deste último sábado [7/11]. Tudo porque, como vem ocorrendo em quase todo fim de semana nessas bandas, uma competição de sei lá […]


A imprensa no pelourinho

Em tempos de comunicação instantânea e ilimitada, nada mais natural que todo mundo se sinta estimulado a opinar sobre tudo, mesmo sobre o que nada entende, o que por sinal é o que mais acontece. Daí, por exemplo, a quantidade cada vez maior de gente posando de expert em imprensa e jornalismo. É uma festa […]


Goela abaixo

Ao contrário do que muita gente gostaria, a imprensa não tem a menor obrigação de se engajar em causas em que o passionalismo – e outros ismos – visivelmente se sobrepõem à razão, como é o caso da realização das Olimpíadas no Rio de Janeiro em 20l6. Até se entende a empolgação da população e […]


Macunaímas para todos os gostos

O porto, A Tribuna, o Santos FC, Pelé… Em que pese a fachada aparentemente respeitável, o fato é que a Baixada Santista não poderia estar melhor representada na tal realpolitik tão em voga ultimamente, nas águas no lulopetismo, segundo as más línguas. Ou mesmo numa plausível zynikpolitik – a supremacia da razão cínica –, a […]


A democracia mambembe

Partindo do princípio de que o conceito de democracia depende da integridade das instituições, fica fácil entender por que o Brasil, em que pese a decantada estabilização econômica, continua amargando os piores índices mundiais em termos de conquistas sociais. Um quatro vergonhoso que a imprensa não se cansa de retratar, mas que se perpetua graças […]