Tuesday, 18 de June de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1292

Artigos de Ivan Berger

Os que morreram e ainda não sabem

A vertiginosa expansão dos meios de comunicação, catapultada pela internet e congêneres digitais que fizeram com que o mundo coubesse no bolso ou na palma da mão, paradoxalmente não facilitou a vida da mídia no intuito de preservar o seu maior patrimônio: a credibilidade. É notório que a grande influência e ascendência que, sem dúvida, […]


A volta dos que não foram

Passado o frenesi futebolístico, a ressaca agravada pela recorrência de más notícias e carnificinas por atacado, que primam pela demonstração de indiferença e completo desprezo pela vida humana, só faz aumentar a vontade de ir embora para Pasárgada, ou para a Alemanha, onde o que já era bom ficou melhor ainda. Fatos como o avião […]


Renovação já, o único consolo possível

Depois de quase um mês de curtição e farra, o pesadelo. O déjà vu que faz a tragédia do Maracanazo de 64 anos atrás ser revista aos olhos da história. Barbosa, Bigode e os demais amaldiçoados integrantes daquela seleção podem finalmente descansar em paz, diante da verdadeira percepção do que é vexame e vergonha. Sentimentos […]


O dramalhão vira trunfo

A opinião predominante foi de que a seleção reencontrou seu jogo, ou seja, aquele estilo elogiado por todos na Copa das Confederações, o que, no entanto, acabou não sendo suficiente para evitar outra cavalar dose de sofrimento para bater os aguerridos colombianos. Tão aguerridos que deixaram uma sequela literalmente dolorosa, com a brutal joelhada de […]


Vira-latas x vira-bostas

A Copa do Mundo entra na reta de chegada, com nossa seleção sofrendo horrores para passar pelo Chile e se manter no páreo, e eis que antes mesmo de ver quem levanta o caneco, já há quem se ocupe em zoar – não com os que já tomaram o rumo de casa, mas com aqueles […]


Metamorfose às avessas

Um dos livros mais famosos de todos os tempos, A Metamorfose, de Franz Kafka, como todos sabem fala do bizarro drama do personagem Gregor Samsa, que num belo dia acorda transformado numa barata. É chocante e ao mesmo tempo comovente acompanhar o esforço do jovem caixeiro-viajante Samsa para se adaptar à sua nova e repelente […]


A Copa da marra

Centro das atenções mundiais por conta da Copa do Mundo, como era de se esperar, o país virou saco de pancadas da imprensa internacional e de seus próprios súditos. Levou pancada pelo que fez e pelo que não fez, começando pelo pênalti duvidoso na vitória sobre a Croácia, como se, apesar da ajuda da arbitragem, […]


Curtir ou renegar, eis a questão

Imagine o que pensaria um alienígena desavisado que por aqui despencasse, ou de repente o próprio Criador voltando de longas férias, diante do fuzuê midiático que rola nesses dias em torno da Copa do Mundo de futebol. Poderia muito bem imaginar tratar-se de algum foro mundial, convocado para discutir assuntos relevantes para o bem-estar e […]


A mídia turbinada e a plebe idiotizada

No novo e deletério padrão comportamental que surfa nas ondas da pós-modernidade, os profissionais da imprensa e as figurinhas carimbadas das mídias audiovisuais despontam, lépidos e fagueiros, como autênticos deuses nesse redivivo Olimpo cibernético. Como protagonistas ou coadjuvantes, animadores ou prestímanos, monopolizam o imaginário da plebe mediante o idiotizante discurso mediático, exacerbado pela parafernália digital, […]


A polícia e a maldição de Sísifo

Tenho um amigo que é cabo da PM em São Vicente, no litoral de São Paulo. Por motivos óbvios, melhor omitir seu nome. Tampouco posso garantir que o que conta é totalmente verdadeiro, mas, como dizem os italianos, se non è vero, è ben trovato. Pensando bem, nunca entramos em maiores detalhes sobre seu trabalho. […]


O prazer de esculachar

Deus nos livre e guarde do pandemônio opinativo promovido pela gurizada fandangueira da internet, ou seja, os chegados a uma pirotecnia inconsequente. Se por séculos a humanidade permaneceu entrevada pela escassez ou falta de informação, subjugada na base da força e pela censura daí decorrente, não menos deletério – pelo caráter invasivo – parece ser […]


Brasil inzoneiro falou mais alto

A agitação dos últimos meses pode não ter produzido as mudanças desejadas, mas pelo menos deu para conferir quem é quem no país. Do amontoado de baboseiras veiculado na mídia à guisa de interpretar um movimento fora dos padrões normais, passando pelas patéticas antevisões de novos paradigmas jornalísticos, nas ações da chamada mídia ninja; culminando […]


Haja sal de fruta

Difícil dizer o que é mais deplorável no episódio dos embargos infringentes, que podem resultar na virtual absolvição dos peixes graúdos do escândalo do mensalão: se a confirmação do espírito dissoluto das leis brasileiras ou a pusilanimidade dos que acendem uma vela para Deus e duas para o diabo, que se apegam a apensos na […]


Há que ouvir os clamores

Não será nenhum fim do mundo o provável acolhimento dos tais embargos infringentes, considerando que o voto de desempate do ministro Celso de Mello é tido como caçapa cantada, de acordo com posição anteriormente manifestada. Afinal, trata-se apenas de uma volta à dura realidade do país da impunidade, em que a Justiça, não bastassem as […]


Antes tarde do que nunca

Num mundo em que o mal parece estar ganhando de goleada, gestos e manifestações de dignidade e altruísmo, por serem minoritários, chegam a ser vistos com desconfiança e até com desdém – tipo assim, esmola quando é muita até o santo desconfia. De fato, já foi o tempo em que a integridade de caráter e […]


Antes tarde do que nunca

Num mundo em que o mal parece estar ganhando de goleada, gestos e manifestações de dignidade e altruísmo, por serem minoritários, chegam a ser vistos com desconfiança e até com desdém – tipo assim, esmola quando é muita até o santo desconfia. De fato, já foi o tempo em que a integridade de caráter e […]


A autofagia da expertise

Embora básicas para a comunicação, as palavras nem sempre dizem tudo. Há fotos, imagens, telas nas quais a mensagem intrínseca é até mais eloquente e, portanto, dispensa comentários. O mesmo também vale para certos gestos, e não só as mímicas consagradas e igualmente ilustrativas, que além de familiares a todos os povos, como aquele coraçãozinho […]


O dilema da justiça pautada

É notório que a militância política no país arrefeceu e, mais do que isso, mudou de patamar, passando do ativismo compulsivo atrelado à ascensão do petismo ao poder, à aversão político-partidária evidenciada na recente onda de protestos. Sumiu, ou pelo menos mitigou, a defesa incondicional e intransigente do governo petista, como era comum nos dois […]


A pós-revolução orwelliana

Na hipótese bastante plausível de que os animais sejam inteligentes, e que até possam comunicar-se entre si, creio que não seria nenhum despautério imaginar que também tenham certas reações comportamentais típicas dos humanos, entre as quais preocupações existenciais. Este, por sinal, foi o mote de um de meus livros favoritos, A Revolução dos Bichos, do […]


O espírito do churrasco na laje

Não há nada que o ser humano faça com mais desenvoltura do que rotular as coisas, os outros. Trata-se do esporte mundial por excelência, pois não requer prática nem habilidades especiais; independe de status social, intelectual, número de praticantes, idioma, circunstâncias, enfim, nada mais democrático. A rigor, três ou quatro neurônios, uma pitada de derrisão, […]