Tuesday, 28 de May de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1289

Artigos de Luciano Martins Costa

De volta ao tema central

Chega ao fim o agosto agourento em que a imprensa brasileira conseguiu escrever algumas das páginas mais infelizes de sua história. Depois de combater o mau combate cujo objetivo nunca declarado foi enterrar na origem qualquer reflexão sobre a regulamentação do jornalismo, nossa mídia se viu execrada no duelo canhestro que envolveu a revista Veja, […]


Um golpe contra a imprensa

O dramalhão encenado pela colunista Miriam Leitão, o apresentador Chico Pinheiro e o editor William Bonner, durante a entrega do Prêmio Ayrton Senna de Jornalismo (18/8, em São Paulo), foi um corolário digno do espetáculo de mau jornalismo que vem sendo infligido à opinião pública desde que se noticiou o encaminhamento ao Congresso do projeto […]


Muita reação, pouca informação 

Os brasileiros ficaram sabendo, nos últimos dias, que colocaram no Palácio do Planalto um tirano enlouquecido mas genial, que soube disfarçar-se de democrata durante 20 anos até chegar ao poder e finalmente revelar seu plano sinistro: estabelecer restrições à liberdade de imprensa e colocar sob controle a produção dita cultural, muito provavelmente com o propósito […]


Empresas versus jornalistas

Discute-se neste Observatório, com muita freqüência, qual seria a causa original e central das sucessivas crises que vêm minando a capacidade da imprensa brasileira de crescer e alcançar alguma sustentabilidade. Com a mesma freqüência escorregam as opiniões para um ponto anterior, sobre qual seria o papel social da imprensa. Ou, ainda mais atrás, quando se […]


Corte, costura e tricô

O profundo corte na redação da Folha de S.Paulo, que obscureceu a segunda-feira, 19, de três dezenas de jornalistas e seus familiares, está sendo associada por alguns observadores a um suposto processo de negociação da empresa com investidores estrangeiros. A busca por um sócio, que já contrapôs recentemente o presidente do grupo, Luís Frias, a […]


Os riscos da concentração

Os brasileiros deveriam estar olhando com cuidado o processo de reorganização da Europa, principalmente no que se refere à absorção dos milhões de cidadãos oriundos dos países do Leste. Nesse cenário se desenvolve um interessante processo de reestruturação institucional, com especial destaque para o que interessa mais de perto aos leitores deste Observatório. Há ali […]


Sutilezas nem tão sutis

A notícia da semana na imprensa brasileira foi uma entrevista do ministro da Fazenda, Antonio Palocci, ao jornal britânico Financial Times, da qual foram pinçadas especialmente as declarações sobre um projeto de autonomia do Banco Central e uma previsão mais otimista para o desempenho da economia neste ano, de uma expectativa de 3,5% para possíveis […]


Falta diversidade

Um dos aspectos mais perversos da crise da mídia é a criação de um círculo vicioso, que nasce no perfil conservador da grande maioria dos gestores e editores de empresas de comunicação e se realimenta na busca quase obsessiva de homogeneidade, que dificulta o desenvolvimento de soluções inovadoras, desestimula a criatividade e realimenta o conservadorismo […]


Um cenário global mais otimista

Vem da empresa de consultoria PricewaterhouseCoopers uma notícia alentadora para a mídia: no estudo denominado ‘Global Entertainment and Media Outlook: 2003-2008’ (‘Panorama global de mídia e entretenimento: 2003-2008’), cujos resultados estão exibidos em seu site (


Senado contra o monopólio… nos EUA

O Senado revogou, na terça-feira (22/6), as normas adotadas pela Comissão Federal de Comunicações que facilitavam a expansão dos grandes conglomerados de mídia. Nos Estados Unidos.No Brasil, dois fatos relevantes comunicados na sexta (25/6) à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e noticiados pela Folha de S.Paulo a segunda-feira (28/6), informam que a Globopar, holding do […]


Imprensa se enrosca na rede de intrigas

Com um enredo de filme ‘B’, a imprensa brasileira deu nesta semana, a partir da edição nº 1.858 da revista Veja, uma demonstração de como transformar em fato relevante uma intriga mal-ajambrada cuja veracidade dificilmente será elucidada. A história segundo a qual o jornalista Ricardo Amaral, assessor do ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência Luiz Dulci, […]


Mais homogeneidade, mais crise

Os jornais brasileiros estão aproveitando a maré favorável da economia para consolidar suas carteiras de assinantes, com campanhas discretas e voltadas especificamente para o que, no jargão do setor, se chama de fidelização – ou seja, manter a proporção de clientes fiéis em vez de correr atrás de novos leitores, como tem sido até aqui. […]


O remédio é amargo e é pouco

Ficou bastante modesto o programa de socorro à mídia desenhado pelo BNDES. No geral, nenhuma surpresa em relação ao que vinha sendo discutido publicamente pela direção do banco de fomento. No que se refere às dívidas, a proposta apresentada na quarta-feira (3/6), por escrito, pelo presidente do banco, Carlos Lessa, à Comissão de Educação do […]


Nova ordem influencia a mídia tradicional

The New York Times mais uma vez pede desculpas por haver praticado mau jornalismo, agora admitindo que aceitou em suas páginas reportagens tendenciosas que serviram como justificativa para a invasão do Iraque. No entanto, como no caso de Jayson Blair, o tradicional periódico nova-iorquino age como se tivesse sido atingido por um vírus externo – […]


A imprensa no ponto de ruptura

A crise da imprensa – latente e sistêmica no cenário internacional e aguda, estrutural, no Brasil – tem como pano de fundo, no primeiro caso, a tendência à concentração da propriedade dos meios e a perda crescente de credibilidade, e, no caso brasileiro, a falência evidente de um modelo que tem sido, historicamente, a principal […]


Ruptura e evolução

Um amigo lembrava recentemente o cômico espetáculo das ‘Espartaquíadas’, a versão albanesa com que o ditador Enver Hohxa costumava confrontar as Olimpíadas do resto do mundo, especificamente em relação às categorias esportivas oferecidas aos competidores. Uma das mais estranhas era a ‘corrida’ de telégrafo. Alinhados em cabines, os ‘atletas’ disparavam mensagens que deveriam ser recebidas […]


A imprensa morde e assopra

Não há evidências de que esteja em curso uma conspiração ianque para derrubar o presidente esquerdista eleito pelos brasileiros em 2002, como aconteceu no Chile em 11 de setembro de 1973. Nem mesmo se pode crer numa conjunção de forças nacionais reacionárias, organizadas para minar a credibilidade do governo petista, às vésperas do lançamento da […]


A bóia está lançada

A audiência pública realizada quarta-feira passada, dia 5, na Comissão de Educação do Senado, lançou algumas luzes sobre o processo de salvamento das empresas brasileiras de comunicação, que está sendo negociado pelas entidades representativas de emissoras de rádio e TV, editoras de jornais e de revistas junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social […]


Na pista de uma notícia da China

Na semana de 12 de abril, o governo da China aumentou em dois pontos, de 7% para 7,5%, o porcentual dos depósitos que os bancos do país são obrigados a deixar imobilizados no Banco do Povo, o banco central chinês. (Para se ter uma idéia da proporção desse 0,5%, basta lembrar que, no Brasil, o […]


Muita ilusão na origem da crise

Algumas verdades supremas contrabandeadas para as redações nos anos 1990 por consultores bem articulados, com as quais os gestores de jornais ainda convivem como o cura e seu breviário, começam a se configurar mais propriamente como fontes de problemas do que como recursos para a melhoria da circulação dos diários. Passados alguns anos de ciclotimia, […]