Sunday, 03 de March de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1277

Artigos de Luiz Martins da Silva

Imprensa: poder fiscal ou de oposição?

Certa vez, palestra, ‘tava quietinho, no meu cantinho de auditório, quase no fundão. Mas, uma frase do conferencista me tirou da semi sonolência: “Imprensa é oposição, o resto, secos e molhados”. Cutuquei algum recanto da memória e me lembrei que a sentença não era original. Pareceu-me que nos tempos da ditadura militar mais recente, Millor […]


Jornalismo e pós-jornalismo, trabalho e sobretrabalho

Formulamos, no contexto de uma pesquisa junto ao Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), concluída em 2012 e intitulada “A ideia do pós-jornalismo”, a hipótese de que o jornalismo atingiu uma fase, a que denominamos de pós-jornalismo, que veio a se acumular (e não a elidir) a duas outras, a do protojornalismo e […]


Imprensa e tiranias democráticas

A democracia é a forma mais agônica de governo, por ser a mais afeita à polêmica; por ser, portanto, o regime que mais se sustenta numa esfera argumentativa, a arena que sedia as disputas retóricas. E por que a democracia é uma agonística? Porque ágon, no grego, significa luta, mas, sobretudo, a peleja na arte […]


Imprensa, bananas e cidadania planetária

A reação proativa do jogador Daniel Alves, ao comer a banana que lhe foi atirada em um jogo entre o Barcelona e o Villareal (27/4), alcançou maior abrangência em ressignificação da ofensa pretendida do que a multa e a exclusão infringidas ao milionário Donald Sterling, banido do Los Angeles Clippers e das franquias da NBA, […]


Santiago Andrade, seu sacrifício não será em vão

Atores desiguais em cenários de confrontos, denominados manifestações. Estou me referindo aos que vão de cara limpa e peito aberto para a rua, seja para se manifestar, seja para atuar profissionalmente, e os que se camuflam, em identidade, atos e responsabilidade. Inadmissível essa atitude dos que vão ao espaço público, a pretexto de fazer parte […]


As lições de junho de 2013

Qual foi o papel da mídia? Pergunta recorrente em se tratando de qualquer acontecimento de grande repercussão. Quando chamado a opinar, é inevitável: você acha que a imprensa influenciou no julgamento do mensalão? Fim de ano, retrospectivas: que balanço pode ser feito das manifestações de 2013? Como participei, por meio deste Observatório, das tentativas de […]


Ronald, um big ladrão

As sociedades já não produzem ladrões como os de antigamente. Nem mesmo o cinema. Os de hoje são por demais inverossímeis, quando não são replicantes, androides ou simplesmente pastelões de tribunais superiores, avançando sobre os últimos recursos infringentes e outras algaravias jurídicas e clínicas, com direito a regime semiaberto e trabalho, por sinal, algo indigno […]


Quando o saber é notório

A Universidade de Brasília tomou novamente a iniciativa de outorgar um título de Notório Saber, desta vez, ao repórter Carlos Fino, de longa folha de serviços prestados ao jornalismo, em Portugal, no Brasil e nos vários países e cenários onde atuou, principalmente como correspondente da Radiotelevisão Portuguesa, a RTP. Ele foi o primeiro jornalista a […]


Estado brasileiro se retrata perante cineasta

O Ministério da Justiça inaugurou uma sala de projeção cinematográfica no Departamento de Classificação, Títulos e Qualificação com o nome do cineasta Vladimir Carvalho e nela foi realizada uma sessão especial para que fosse exibido o documentário O País de São Saruê (1971), interditado pelo regime militar por quase nove anos. Antes dessa projeção inaugural, […]


Jornalismo como ferramenta do exercício da cidadania

Houve um tempo em que “sair na imprensa” era coisa de elite ou de marginais. Nessa era de extremos midiáticos, havia até a queixa do cancioneiro popular, de que “a dor da gente não sai no jornal”. Dizia a letra de “Notícia de jornal” (composição de Haroldo Barbosa e Luiz Reis e interpretações de Chico […]


A paz é a notícia

Atos violentos de grande magnitude foram importantes marcadores de interesse, especialmente para o trabalho de historiadores e jornalistas. Marx chegou a considerar a violência como parteira da história, enquanto os editores, nos primórdios da industrialização, cunharam a perversa máxima segundo a qual bad news, good news. Os recentes protestos no mundo inteiro, e notadamente no […]


Qual o segredo das manifestações pacíficas?

Pergunta insistente, mas de respostas complexas, que dependem muito mais de um aprendizado de todos: manifestantes, polícia e imprensa. Este último ator, supostamente especialista nos diagnósticos do presente, ficou um tanto perdida, sem entender, ao calor dos fatos, o seu significado. De início condenatório, o tratamento midiático das manifestações foi adquirindo contornos de simpatia e, […]


Jornalista não é super-herói

A todo momento, em algum lugar do planeta, e não estou falando Planeta Diário, o jornal do Clark Kent, um jornalista é morto, amordaçado, preso ou intimidado, mas nem por isso patrões e empregados chegaram em algum lugar a negociar o óbvio: um seguro de valor significativo, e não apenas simbólico, para o profissional no […]


Imprensa, ética e silicone

O noticiário produzido por uma sociedade é um termômetro dos estágios morais em que se encontram os seus cidadãos no momento em que determinados fatos são selecionados e hierarquizados como valores-notícia. O que, quem, quando, como, onde e por que algo é matéria jornalística são elementos constitutivos da uma síntese moral de um povo, quando […]


Existirá um jornalismo de prevenção?

Da presidente Dilma Rousseff às postagens no Facebook, passando pela “grande imprensa”, a tragédia de Santa Maria (RS) tem sido analisada com o enfoque de que tudo deve ser feito para que episódios dessa natureza não mais se repitam. Ao mesmo tempo, as editorias de pesquisa trabalham para que o noticiário rememore fatos similares ocorridos […]


Imprensa, cidadania e cotidiano

Um dos mais produtivos e premiados grupos de pesquisa no campo do jornalismo é o Grupo de Pesquisa sobre o Cotidiano e o Jornalismo da Universidade Federal da Paraíba (Grupecj), da Universidade Federal da Paraíba, que em outubro comemora dez anos de atividade, tendo contado nesse período com a participação de gerações de alunos de […]


O que é, de fato, comunicação

Conta uma anedota que duas mulheres foram a um encontro, cada uma com intenção de matar a outra, mas antes cumprimentaram-se com beijinhos. Em um nível primário de avaliação da atitude pode-se dizer que eram pessoas comunicativas. Na realidade, atenderam apenas à função fática da comunicação, aquela que serve para “ajustar o canal”, quebrar o […]


Direito de resposta, direito universal

Passou no Senado e está na Câmara um projeto de lei em favor de quem se sentir injuriado, difamado ou caluniado pela mídia. Trata-se, finalmente, de se regulamentar o que já assegura a Constituição Federal, no seu Artigo 5º, Inciso V: “É assegurado o direito de resposta, proporcional ao agravo, além da indenização por dano […]


O papel preventivo da imprensa

Fui procurado recentemente por um grupo de alunos em fase de coleta de material empírico para um trabalho de conclusão de curso e uma das perguntas era: “Acha que a imprensa deveria ter uma atuação preventiva para com os problemas da sociedade?” A indagação fora feita num contexto de análise da receptividade da ideia do […]


15 anos de extensão universitária

A Faculdade de Comunicação da Universidade de Brasília comemorou recentemente os 15 anos de fundação de um de seus projetos de “ação continuada”, o SOS-Imprensa, como ficou conhecida a pesquisa “Formas de Apoio aos Usuários da Imprensa”, transformada em atividade de extensão universitária, neste momento reunindo 25 alunos-participantes, entre bolsistas e voluntários. Desde o seu […]