Friday, 19 de July de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1297

Artigos de Milton Corrêa da Costa

Não era golpismo

A recente pesquisa de opinião divulgada pelo Instituto Datafolha indica que 62% dos entrevistados consideram, hoje, a gestão do governo Dilma Rousseff ruim ou péssima. Segundo a pesquisa, a popularidade da presidente caiu em todas os segmentos sociais e em todas regiões do país. Conclusão: as manifestações populares do histórico 15 de março de 2015 […]


O trabalho da polícia e o direito da imprensa

Mais um lamentável incidente se deu entre a polícia e a imprensa, durante a cobertura de um conflito envolvendo uma ordem judicial de reintegração de posse, no domingo (13/4), na Zona Norte do Rio, fato que nos obriga a uma necessária reflexão. Mais um desentendimento, desnecessário, entre um policial e um repórter, ambos cumprindo suas […]


O exemplo do México não nos serve

A trama que envolveu o covarde assassinato do jornalista Décio Sá semanas atrás, no Maranhão, nada fica a dever aos crimes cometidos pela máfia italiana num passado não muito distante. No Rio de Janeiro, a juíza Patrícia Acioli, por incomodar com o rigor de suas sentenças maus policiais, também foi executada friamente. Como no caso […]


A apologia ao uso da maconha

Como se não bastassem os tumultos causados com a realização das chamadas “Marchas da Maconha”, um blog da Coordenação de Saúde Mental, programa da Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil do Rio, recomenda – é inacreditável tamanha desfaçatez – e orienta usuários de maconha ao plantio da erva para consumo próprio, além de orientar […]


Eliminação por “comportamento inadequado”

Os reality shows – uma febre de consumo na televisão brasileira dos novos tempos e desejo de sonho de participação de milhares de brasileiros, a maioria jovens em busca da fama e do polpudo prêmio em pecúnia –, ainda que se constituam um jogo de eliminar oponentes, também têm suas regras comportamentais baseadas em princípios […]


Glamourização do mito?

No mundo da preocupante guerra urbana que vivenciamos, qualquer um de nós – não há nenhuma dúvida – pode ser a próxima vítima fatal de um tiro de fuzil na próxima esquina. É preciso também, de quando em vez, analisarmos, ainda que não profissionais de imprensa, o trabalho do binômio mídia e violência. A vida […]