Monday, 15 de April de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1283

Artigos de Nelson Hoineff

O jornalista e o pastor

O conceito de “âncora” está ligado à credibilidade, mas bem mais do que isso. É ligado à maneira como o jornalista é capaz de falar com seu espectador.



Da TV Lula à TV Dilma

A Empresa Brasil de Comunicação (EBC) está completando sete anos e é saudável examinar o que ela fez pelo país. Apelidada de TV Lula na sua gestação, a EBC se anunciava alternativa pública à TV privada. Foi assim que um modelo orgânico de televisão pública se inaugurava no Brasil, 58 anos após a chegada da […]


Um breve olhar na essência da televisão

Em 1957, dois dos maiores talentos da televisão brasileira – Carlos Alberto Loffler e Fernando Barbosa Lima – sacudiam o meio com a criação de Preto no Branco, na TV Rio. O programa, ao vivo (a tecnologia do vídeotape só chegaria seis anos depois), consistia numa entrevista (feita por Osvaldo Sargentelli, em off) com a […]


Adivinha quem está inovando?

O mais velho dos axiomas televisivos acaba de voltar à tona no Brasil. Ele estabelece que o público da televisão aberta não é sensível à qualidade. Há muitos anos as emissoras respondem a isso da maneira mais segura: confirmando a aparência da verdade, oferecendo ao público o lixo que, na sua visão, representa o auge […]


O legado das coberturas esportivas

Segundo seu biógrafo Bob Stam, foi Jean-Luc Godard quem disse que o único avanço havido em televisão foram as coberturas esportivas. Principal articulador da Nouvelle Vague e ainda hoje um dos mais instigantes cineastas do mundo, Godard, se disse mesmo isso, não tinha ideia do quanto estaria certo nos anos seguintes. O avanço das coberturas esportivas […]


Derrota da censura

A decisão da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara de aprovar em caráter conclusivo o projeto que autoriza a divulgação de imagens, escritos e informações biográficas de pessoas públicas pode ser um marco na história da liberdade de expressão do país. Até agora, o Brasil vem caminhando no obscurantismo no tocante à publicação ou […]


Folha optou por esconder sua inteligência

No início dos anos 90, a Editora Abril desfrutava de uma confortável posição no emergente mercado de TV por assinatura no Brasil. Sua operadora TVA havia entrado em operação em 2001 e a Abril controlava alguns novos canais, como o Showtime, a Superstation e a Bravo Brasil. Por essa época, a empresa planejou sua própria […]


Mais cabo, melhor conteúdo? Duvide

A decisão do conselho diretor da Anatel de realizar consulta pública para permitir que as operadoras de serviço telefônico fixo adquiram licenças de TV a cabo gerou polêmica no mercado, mas, principalmente, surpresa na área política. O assunto é relevante e tem implicações bem maiores que a autorização para a presença das teles num campo […]


E a cultura, quem diria, virou notícia

Nunca antes na história deste país se ouviu falar tanto em Ministério da Cultura. Na tradição política brasileira, o ministro da Cultura é o último a aparecer na foto, o último a ser nomeado, o último a ser barganhado. Ele tem uma pasta com 0,25% do Orçamento da União, um número que não desperta a […]


As propriedades descruzadas

O projeto de concessão única para os meios de comunicação estabelece o óbvio: no século 21, a ideia de ‘propriedade cruzada’ é anacrônica. Desde os anos 1990, os meios de comunicação tornaram-se, em qualquer parte do mundo, inclusive no Brasil, uma coisa só. O que muda é a plataforma. E a compreensão das fronteiras existentes […]


PLC 116, entre teles e penduricalhos

Em entrevista para o Estado de S.Paulo publicada no domingo (‘Projeto de TV Paga provoca polêmica‘, 5/12) o jurista Ives Gandra Martins destaca o perigo para a liberdade de imprensa que pode estar contido no PLC 116, ora em tramitação no Senado. O projeto (que na Câmara dos Deputados era conhecido como PL 29) trata […]


A tecnologia espanca o conteúdo

A tecnologia está espancando o conteúdo na televisão aberta – e isso vem provocando um grande desconforto nas redes. Estão todas com dificuldades em definir suas prioridades para as plataformas com que já estão trabalhando. A hegemonia da tecnologia sobre o conteúdo é considerado um fato mais ou menos normal – pelo menos todo mundo […]


Como escamotear as diferenças

Existem atualmente no ar vários conflitos pontuais no campo da produção e distribuição para TV por assinatura no Brasil. Muitos desses conflitos têm como epicentro a operadora Sky. Vale relembrar dois. O primeiro está na maneira pela qual a operadora decidiu demonstrar seu descontentamento com as propostas contidas no Projeto de Lei 29/2007. Recentemente, ela […]


Já falta espaço para tanta mídia

O descompasso entre o volume de informação produzida e os meios para que esse volume seja distribuído acentuou-se terrivelmente nos últimos meses. Ele foi explicitado em matéria da Folha de S.Paulo neste domingo [18/7] – ‘Teles se armam contra Google e Apple’ – e adequadamente comentado pelo ex-ministro Juarez Quadros no mesmo jornal – ‘Novas […]


Trololó na TV Cultura

A bola queimou para a TV Cultura, com as demissões dos jornalistas Heródoto Barbeiro e Gabriel Priolli. Explicações complicadas terão que ser dadas pelo candidato à presidência José Serra – acusado de ter pedido a cabeça dos jornalistas – e pelo vice-presidente de conteúdo da emissora, Fernando Vieira de Mello, recém-chegado por lá, após ter […]



A exclusão da Abril e o futuro dos canais pagos

Passou quase despercebido o anúncio feito pela Editora Abril de suspender, a partir de 30 de junho, as atividades de dois de seus novos canais de TV por assinatura, o Ideal e o Fiz TV. No anúncio, a Abril atribui a decisão ao afunilamento promovido pelas operadoras de TV por assinatura. É uma denúncia de […]


Você que está aí em casa

O usuário brasileiro ainda não entendeu – porque não lhe deram a oportunidade para isso – que neste momento, no Brasil, a TV digital terrestre não se limita à questão das transmissões em HDTV ou à ocupação do espectro com multiprogramação (três ou quatro programações diferentes vindas pelo mesmo espaço físico). Para o consumidor final, […]


Descaminhos da multiprogramação

A ferida aberta da multiprogramação em TV Digital supurou e se transformou numa guerra de informações. Multiprogramação consiste na possibilidade de utilização de cada freqüência digital para a transmissão simultânea de quatro sinais diferentes. Nas plataformas analógicas, cada faixa de 6MHz (que é atribuída no ato de concessão da emissora) permite a transmissão de apenas […]