Sunday, 14 de August de 2022 ISSN 1519-7670 - Ano 22 - nº 1200

Artigos de Ricardo Melo

Época de estado policial

Quem se interessa pelo que sai na imprensa hoje em dia acorda à espera de um novo vazamento da Polícia Federal. Ou do Ministério Público. Estará nas manchetes e, ao gosto do freguês, pautará telejornais.


Cadeia da ilegalidade

A mídia mainstream aderiu com tudo às passeatas que pedem impeachment da presidente, fim da corrupção, afastamento do ministro Toffoli e, por que não, intervenção militar.


Ateu, graças a deus

A barbárie estampada na chacina parisiense suscita inúmeras questões. O ponto de partida: sob nenhum ponto de vista é possível justificar o ataque dos fanáticos contra a Redação do Charlie Hebdo. Agiram como facínoras, quaisquer que tenham sido suas motivações. Não merecem nenhum tipo de comiseração. Invocar atenuantes é renunciar aos (poucos) avanços que a […]


Brasil, 31 de março de 2014

Pergunta: “Quantas pessoas o senhor matou?” Coronel reformado Paulo Malhães: “Tantas quantas foram necessárias.” P: “Arrepende-se de alguma morte?” Malhães: “Não.” P: “Quantos torturou?” Malhães: “Difícil dizer, mas foram muitos.” Criticada pela timidez das investigações, acusada de produzir mais barulho do que resultados, a Comissão Nacional da Verdade redimiu-se, ao menos em parte, ao entrevistar […]


O linchamento de José Dirceu

Irritados com o que consideram manipulação da mídia, vários interlocutores afirmam ter deixado de ler a publicação x ou y. Trata-se de um luxo vedado a jornalistas. Concordando ou discordando, somos permanentemente obrigados a passar os olhos, que seja, pelo maior número possível de publicações. Até para poder comentar, criticar, elogiar ou simplesmente nos informar. […]


Yvonne para comentarista de TV

Há um mito na praça. O de que a liberdade de expressão existe e ponto. Quem já trabalhou numa redação mainstream sabe que nunca é exatamente assim. Coisas do sistema, e não pretendo me alongar sobre isso neste momento. É o jogo jogado. A título de exercício apenas: você já viu algum jornalista ter espaço […]


Brasil deve desculpas a Anderson Silva

Para defender os espetáculos de pancadaria como esporte legítimo, o pessoal das lutas de vale tudo provavelmente usará a célebre foto de Domício Pinheiro. Era novembro de 1974, interior paulista. Naquele instantâneo memorável, Domício flagra o momento quando, numa disputa de bola, o atacante Mirandinha, então no São Paulo, quebra a perna esquerda ao se […]