Thursday, 18 de July de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1297

Artigos de Tiago Eloy Zaidan

Panorama no Brasil e no mundo

Em 1950 uma certa Lillian Ross, jornalista da The New Yorker, dedicou-se a um empreendimento instigante, mas aparentemente não tão fácil. Entrevistar o recluso e genial escritor Ernest Hemingway (1899-1961), na ocasião o provável “maior romancista e contista americano vivo” (ROSS, 1950 apud PIZA, 2003, p.84). Para complicar ainda mais, Hemingway já morava em uma […]


Jornalismo na marra

No dia 21 de agosto de 2012, por volta das 14 horas, um operário de 34 anos caiu de uma altura equivalente a quatro andares. O acidente aconteceu no canteiro de obras dos cinemas de um novo shopping na zona sul do Recife. O homem foi socorrido e levado para o Hospital da Restauração, na […]


A espiral do silêncio

Segundo Cândido Teobaldo de Souza Andrade, em Curso de Relações Públicas: relações com os diferentes públicos, embora o público, em sua formação, admita a controvérsia, a oportunidade de discussão e a abundância de informações, dentre outras características, abriga também a seguinte faceta: a “procura de uma atitude comum”. E aqui, começamos a entrar em uma […]


Jornalismo em defesa das vítimas

Entusiasta da Polícia Militar, especialmente de seu grupo de elite – a Rota –, o humilde comerciário e pai de família Daniel Bispo de Oliveira também é um assíduo ouvinte de programas policiais. O principal deles é apresentado por Afanázio Jazadji. Típico noticiário em que a polícia e louvada sem contestações e a pena de […]


Eduardo Pinheiro Lobo, um ilustre desconhecido

Apesar de homenageado com uma rua acanhada no bairro do Tabuleiro dos Martins, em Maceió, Eduardo Pinheiro Lobo (1876-1933) é um ilustre desconhecido dos seus conterrâneos alagoanos. Talvez falte, em nome de sua memória, um trabalho de Relações Públicas, ou de Assessoria de Imprensa. O curioso é que estamos falando exatamente do patrono das Relações […]


As rupturas nas estruturas de poder e relações sociais

A revolução das novas mídias, as quais trazem consigo a potencialização da interatividade, da disponibilidade de fontes e da convergência, tem causado um desequilíbrio saliente nas estruturas de poder presente na relação mídia/emissor – indivíduos/receptores. No cerne de tal ruptura, estão as novas tecnologias, que – a partir da ótica de Marshall McLuhan – têm […]


Literatura em Teoria da Comunicação

Nos anos 1970, a pesquisadora alemã Elizabeth Noelle-Neuman (1916-2010) liderou um grupo de pesquisadores que desenvolveu o conceito de Espiral do Silêncio. A ideia da Espiral ajudava a explicar uma série de eventos trágicos, como a ascensão do nazismo na Alemanha. Em linhas gerais, segundo a pesquisadora, o ser humano, enquanto ser social, tem medo […]


Toscani e a revolução na publicidade

Ao longo das décadas de 1980 e 1990, o mundo assistiu e polemizou às lendárias campanhas de Oliviero Toscani para a Benetton. Um dos maiores fenômeno da comunicação publicitária no século 20, o trabalho do fotógrafo italiano foi imune à indiferença. Nos primórdios da década de 1990, a Aids ainda era uma enfermidade relativamente obscura, […]


A jornada científica do rádio

A partir do desenvolvimento da tecnologia da radiodifusão, passando pela criação da primeira emissora do Brasil, o rádio consiste um verdadeiro case da ciência em movimento. Tal história é permeada por nomes de cientistas brasileiros, como Landell de Moura e Roquette Pinto. Com o fim da Primeira Grande Guerra Mundial, em 1918, a companhia Westinghouse […]


O pensamento comunicacional alagoano

O hall do pensamento comunicacional alagoano é tão vasto e ilustre quanto olvidado. Do pioneiro Dias Cabral, do final do século 19, por exemplo, pouco se sabe além do fato deste nomear uma importante rua no centro de Maceió. Alguns dos protagonistas não são necessariamente comunicólogos no sentido estrito, como Craveiro Costa e Theo Brandão. […]


Uma articulação de problemas e tentativas

A despeito de seu imenso potencial como instrumento de divulgação científica, e do aparente interesse das emissoras e da audiência, a televisão aberta brasileira – especialmente a comercial – tem mantido uma relação problemática com as pautas de ciência e tecnologia. Uma miríade de pesquisas e desenvolvimentos técnicos precedem o advento do meio televisão, que […]


Pioneirismo tropical e mescla de padrões

Professor do Centro de Informática da Universidade Federal de Pernambuco e pesquisador da TV digital, Carlos Ferraz discorre sobre aspectos técnicos da digitalização da TV brasileira e explica a mescla de padrões distintos utilizado na composição do sistema brasileiro.No mundo, e notadamente no Brasil, a televisão é, sem dúvida, uma mídia pop. Com alta taxa […]


De ofício maldito a refúgio profissional

No fim do século 19, a economia norte-americana experimentava um acachapante modelo liberal, permeado por monopólios, cartéis e magnatas com semblantes de poucos amigos. Ícone desse período foi o empresário de estradas de ferro William Vanderbilt, a quem é atribuída a frase: ‘O público que se dane!’ Esta pérola ao avesso teria sido pronunciada em […]


Os construtores do golpe de Estado de 1964

Artigos de personalidades de prestígio nacional, publicados pelo jornal Gazeta de Alagoas às vésperas do golpe de Estado de 1964, revelam parte do clima político e social do Brasil durante o governo Goulart e descortinam a filosofia de intelectuais conservadores.Personalidades com prestígio no meio social alagoano, professores e correligionários ou políticos aliados a Arnon de […]


Os curtas-metragens de Jean Manzon e o golpe de 1964

Em certidão emitida pelo 4º Registro de Títulos e Documentos, sediado em São Paulo, uma nova entidade, cujos estatutos estavam sendo inscritos em cartório, é descrita como ‘sociedade civil sem fins lucrativos com tempo indeterminado, de caráter filantrópico e intuito educacional, e tendo por finalidade a educação cultural, moral e cívica dos indivíduos’ (2001, p.21). […]


A comunicação social e o golpe de Estado de 1964

IntroduçãoO grande mérito da obra 1964 – A conquista do Estado reside na investigação que revela, definitivamente, que a queda do presidente João Goulart começou a ser pavimentada anos antes, sobretudo após a criação do Instituto de Pesquisas e Estudos Sociais (Ipes), no dia 29 de novembro de 1961. Tal instituto, fruto do esforço do […]


Reflexão sobre a retórica da informação

Mesmo as cidades de médio porte estão afundadas em mídias que, diante da grande concorrência pela atenção dos receptores, utilizam recursos de engajamento em sua mensagem. O outdoor da esquina clama por uma breve olhada do transeunte, ao passo que o carro de som, que transita pela esquina simultaneamente, literalmente berra, exigindo um pouco da […]


Relacionamento com a imprensa, surgimento e consolidação

Embora alguns autores apontem Sam Adams, Amos Kendall, Abraham Lincoln, e até Phineas Barnun – um empresário de caráter duvidoso – como precursores das relações públicas no Estados Unidos, o marco pioneiro da atividade é atribuído ao jornalista nova-iorquino Ivy Lee.Tal título é concedido a Lee em conseqüência de seu trabalho junto ao magnata norte-americano […]


Digitalização do rádio em Alagoas, um estudo de caso

Basicamente, por meio da digitalização da radiodifusão – que está preste a iniciar-se no Brasil –, as transmissões das emissoras AM alcançarão a qualidade sonora das transmissões FM. As FM, por sua vez, transmitirão as programações com qualidade similar ao som de um CD.A transição custará caro para as emissoras. Os aparelhos digitais são importados […]


O monitoramento das concessões e a ‘liberdade de imprensa’

É desnecessário versar sobre a importância dos meios de comunicação nas sociedades contemporâneas. Eles ofertam, ou ao menos se propõem a ofertar, um dos bens mais importantes da sociedade contemporânea, a informação – elemento considerado basilar na formação e no desenvolvimento de uma nação.Sem o efetivo e livre acesso às informações, não há a tão […]