Friday, 12 de August de 2022 ISSN 1519-7670 - Ano 22 - nº 1200

Artigos de Venício A. de Lima

Os interesses explicitados

Ao comentar manchete de primeira página e matéria sob o título ‘Convergência de mídias leva governo a desistir de veto à propriedade cruzada’ no Estado de S.Paulo (27/1), levantei recentemente duas questões: (1) quem estaria interessado em confundir ‘convergência de mídias’ com propriedade cruzada? e (2) quem estaria interessado em colocar na agenda pública a […]


Sopro de ar puro no DF

Após a promulgação da Constituição Federal de 1988, vários estados brasileiros, ao adaptarem suas Constituições à nova Carta Magna, incluíram capítulos sobre a Comunicação Social e previram a criação de Conselhos regionais de Comunicação, a exemplo do que foi estabelecido pelo artigo 224, isto é: Artigo 224. Para os efeitos do disposto neste capítulo [Capítulo […]


A quem interessa a confusão?

A chamada ‘revolução digital’ provocou uma reviravolta no mundo das comunicações. Uma única tecnologia – por exemplo, a fibra ótica – possibilita a transmissão, vale dizer a distribuição para consumidores, tanto de sons como de textos e de imagens. Diluíram-se as fronteiras entre as telecomunicações e a radiodifusão, por exemplo. Além disso, jornalistas multimídia produzem […]


Barack Obama recua, concentração aumenta

Há pouco mais de dois anos (18/11/2008) publiquei neste Observatório artigo motivado por mensagem recebida de Josh Silver, diretor da organização não-governamental Free Press, que chamava a atenção para as grandes transformações que deveriam ocorrer na mídia estadunidense se o presidente eleito Barack Obama cumprisse as promessas de campanha (ver ‘Comunicações nos EUA: O que […]


O que a mídia tem a ver com isso?

Já foram muitas as análises e os comentários publicados neste Observatório e em outros veículos sobre os eventos ocorridos em Tucson, Arizona, no sábado, dia 8 de janeiro. Apesar do enorme desastre da região serrana do Rio de Janeiro – que nos afeta a todos, muito mais de perto – é imperativo que se faça […]


Por onde começar?

Além do discurso de posse, o ex-deputado e ex-ministro do Planejamento Paulo Bernardo (PT-PR) deu várias entrevistas ao longo de seus primeiros dias como novo ministro das Comunicações. As interpretações de suas falas e compromissos variaram de acordo com o interesse dos entrevistadores. Dois exemplos: a Folha de S.Paulo [7/1] destacou em manchete de capa […]


Ano novo, velha batalha

Nossa conhecida SIP, a Sociedade Interamericana de Imprensa [ver, neste OI, ‘ver aqui]. A nota da SIP informa que a brasileira ANJ (Associação Nacional de Jornais) é uma das associações nacionais do hemisfério que apóiam a iniciativa. Ótimo. Documentos básicos Para dar uma modesta contribuição à SIP e à ANJ, considerando que já estamos em […]


Por que a mídia não se autoavalia?

Final de ano é tempo de balanços e previsões. Pessoais e institucionais. É momento de parar e refletir sobre o que se fez, identificar erros e acertos, corrigir o que pode ser melhorado, reavaliar caminhos e objetivos, planejar o futuro.A grande mídia faz avaliações públicas e previsões de e para tudo: de todos os setores […]


Revisitando o poder da mídia

Os resultados da pesquisa CNI/Ibope divulgados no dia 16 de dezembro confirmam uma clara tendência dos últimos anos e, ao mesmo tempo, recolocam uma importante questão sobre o poder da grande mídia tradicional. De fato, a aprovação pessoal e a confiança no presidente Lula atingiram novos recordes, 87% e 81%, respectivamente; e a avaliação positiva […]


O balanço dos governos Lula

Este texto pretende fazer um breve balanço crítico da política de comunicações ao longo dos oito anos de governo Lula (2003-2010), sobretudo no que se refere ao serviço público de radiodifusão. Obedecendo aos eixos temáticos definidos pela Fundação Friedrich Ebert, trata dos principais condicionantes estruturais do pluralismo e da diversidade – estrutura legal, concentração da […]


O diploma e os desafios contemporâneos

São raras as atividades das quais participei nos últimos dois ou três anos nas quais, independente do tema sendo discutido, não aparecesse alguém e cobrasse minha posição sobre a obrigatoriedade do diploma de curso superior em jornalismo para o exercício da profissão de jornalista profissional.Tenho constatado que a resposta a essa pergunta provoca inesperadas paixões […]


Onde o calo dói

No auge da disputa eleitoral de 2010, quando o governo e a grande mídia faziam acusações mútuas, o presidente Lula, em entrevista concedida ao portal Terra, travou o seguinte diálogo com seus entrevistadores: Terra – (…) O senhor tem feito críticas duras, dizendo que a imprensa, a mídia tem um candidato e não tem coragem […]


Quatro anos de ilegalidade

No sábado, dia 20 de novembro, serão quatro anos que o Conselho de Comunicação Social, órgão auxiliar do Congresso Nacional, criado pela Constituição de 1988, se reuniu pela última vez. Um ano atrás, neste Observatório, publiquei artigo intitulado ‘ver aqui). A se confirmar a informação, o senador do Amapá, exemplo emblemático do coronel eletrônico, terá […]


Marco regulatório vs. liberdade da imprensa

Em entrevista concedida ao Jornal da Band, no último dia 2/11, a presidente eleita Dilma Rousseff tentou esclarecer, pela undécima vez, uma diferença que a grande mídia e seus aliados têm ignorado e, arriscaria a dizer, deliberadamente confundido: marco regulatório da mídia não tem nada a ver com qualquer restrição à liberdade da imprensa. Diante […]


Sobre inverdades e desinformação

A aprovação, no último 19 de outubro, do Projeto de Indicação nº 72.10, que propõe a criação do Conselho Estadual de Comunicação Social (CECS) pela Assembléia Legislativa do Ceará (e que ainda depende da sanção do governador do estado), detonou o último ciclo de inverdades e desinformação relativas às liberdades de expressão e de imprensa […]


Três boas notícias

Existe vida para além da generalizada baixaria eleitoral-midiática. Nos últimos dias, três importantes novidades aconteceram no campo das comunicações brasileiras.Primeiro: a Assembléia Legislativa do Ceará aprovou por unanimidade, na terça-feira (19/10), ‘Projeto de Indicação nº 72.10’, que cria o Conselho Estadual de Comunicação Social (Cecs) tendo como finalidade ‘formular e acompanhar a execução da política […]


Guerra suja na campanha eleitoral

As campanhas eleitorais têm servido para revelar, de forma inequívoca, qual a ética empresarial e jornalística que predomina na grande mídia brasileira.Os episódios recentes relacionados à demissão de conceituada articulista do Estado de S.Paulo, assim como a ação da Folha de S.Paulo, que obteve na Justiça liminar para retirada do ar do blog de humor […]


O coronelismo eletrônico evangélico

Estado e Igreja Católica Romana sempre estiveram muito próximos no Brasil. Herdamos dos colonizadores portugueses esse vínculo e não foi por acaso que fomos chamados de ‘Terra de Santa Cruz’ e o primeiro ato solene em solo brasileiro tenha sido a celebração de uma missa. A Constituição outorgada de 1824 estabelecia o catolicismo como religião […]


Ética, mídia e reforma política

[Texto de referência para exposição no XI Seminário Internacional Ética na Gestão – ‘Ética, Direito e Democracia’ promovido pela Comissão de Ética Pública da Presidência da República, em 27/9/2010] Um dos eixos orientadores deste seminário, certamente, é o princípio básico de que a ética não pode ser reduzida apenas às virtudes privadas dos indivíduos, mas […]


Razões para a hostilidade crescente

O processo eleitoral e a indisfarçável partidarização revelada na cobertura jornalística dos principais veículos da grande mídia provocaram, nas últimas semanas, reações cada vez mais explícitas e contundentes por parte do próprio presidente da República. Por outro lado, o atual governo chegará ao seu término enfrentando uma hostilidade crescente por parte desses veículos. A virulência […]