Sunday, 21 de July de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1297

Jornal Midiamax – equilíbrio e alguns escorregões

Atualmente, com a modernização dos meios de comunicação, a cobertura jornalística ganhou um caráter próprio, com um viés mais empresarial. Esse fato recai sobre os diferentes tipos de mídia e de suas respectivas coberturas jornalísticas. Pensando nesse atributo, esse diagnóstico constitui um compilado de análises das notícias do dia 15 de setembro de 2023 do jornal Midiamax com base em critérios relevantes da produção no jornalismo.

Para compreender a análise, é necessário pensar nos pontos pertinentes ao diagnóstico como: atualidade, relevância, veracidade, angulação, formato jornalístico e entre outras características. As 12 notícias selecionadas estavam classificadas como “Últimas notícias” e cruzam diferentes editorias que compõem o site. Apresentamos alguns exemplos a seguir.

A notícia intitulada “Em Corumbá, Riedel visita escola onde estudante morreu e áreas afetadas pela chuva” se encontra na editoria de Política. Com base nos pontos citados, ela é verídica, o governador de fato esteve em Corumbá, e se mostra atual, devido à problemática em que a cidade se encontra. Entretanto, a matéria carece de informações acerca da contextualização do problema. Mesmo não sendo propriamente identificada, a notícia parece ter sido produzida por uma assessoria de imprensa do governo do Estado. Quanto ao formato, a notícia mantém o molde jornalístico, mas há uma angulação perceptível quanto ao trabalho do político, comprometendo a responsabilidade de isenção.

“Deputados fazem audiência pública para debater redução de acidentes no trânsito de MS” representa a matéria de temática política proposta pelo veículo. A temática é atual e relevante tendo em consideração o motivo da notícia e a situação problema que ela carrega. Ela é informativa e mantém uma linguagem jornalística adequada, assim como seu formato, que comunica a informação para a sociedade. Ao finalizar a breve matéria com os dados de que o evento é aberto ao público e por citar o horário e o local, a matéria convida o leitor a se envolver, fomentando a participação da sociedade em temáticas de interesse público.

Seguindo a linha editorial política, a próxima notícia transcende as fronteiras regionais e foca em eventos de alcance nacional. Intitulada “Mauro Cid afirma à PF que entregou dinheiro a Bolsonaro ‘em mãos'”, são abordadas as ações e colaborações de Mauro Cid com a justiça. Como ex-chefe da ajuda do presidente Bolsonaro, Cid desfrutou de amplo acesso ao gabinete presidencial durante os quatro anos de seu governo. O artigo informa que ele foi libertado e que pretende contribuir nas investigações das vendas ilegais de joias, das milícias digitais e das fraudes nas carteiras de vacinação. Sob uma abordagem informativa, a notícia se baseia em informações provenientes da revista Veja, em uma publicação do mesmo dia. Com o objetivo de garantir sua relevância em âmbito nacional, cumpre seu papel fundamental de fornecer informações precisas e necessárias.

Da editoria de Polícia, a notícia “VÍDEO: homem é linchado depois de perseguir e agredir idosa que seguia para o trabalho” denuncia uma violência e, mesmo que indiretamente, aponta alguns recortes: vítima mulher-idosa e agressor homem-jovem. É uma matéria pontual, retrata um fato que aconteceu na manhã do mesmo dia da publicação. A veracidade da notícia pode ser verificada com o Boletim de Ocorrência, citado pelo site como método de aquisição de informações.

A matéria “El Niño pode impactar safra de soja em MS, estimada em 13,8 milhões de toneladas para 2024” de editoria de economia, é atual e relevante. Ela mostra pontos de interesse para camadas específicas da população juntamente de um fenômeno natural, de modo que o segundo interfira no primeiro. As fontes escolhidas ou até mesmo entidades representativas são pertinentes à temática e não evidenciam “tirar proveito” da situação. O formato jornalístico está presente, mas se difere das outras notícias já citadas por conta do seu viés, o econômico.

Na seção “Cotidiano”, encontramos o artigo intitulado “Fetems e governo do Estado debatem propostas para garantir reajuste de professores convocados”. O foco dessa matéria é a discussão em torno da igualdade de piso salarial entre professores contratados e efetivos. Embora o tema não seja tratado extensivamente, o artigo oferece uma visão concisa e abrangente das principais discussões ocorridas na reunião. Seu propósito é informar a população, sobretudo os professores, que anseiam por melhorias em suas remunerações. Tem mais relevância para um nicho específico.

“Decretado estado de calamidade pública em Ivinhema devido as erosões” é o título da matéria produzida pelo site e localizada na editoria de Cotidiano. Assim como as anteriores, ela se mantém atual por conta do momento do acontecimento, que no caso é um dia anterior à postagem, e relevante por ser um tópico que, mesmo que diretamente afete somente o município de Ivinhema, prejudica todo o estado de Mato Grosso do Sul. Por mais que seja uma matéria breve, ela carece de uma autoridade no assunto, como algum ambientalista, pois a única fonte citada é o prefeito da cidade. Em questão textual, o formato jornalístico é respeitado, mas no próprio título há um erro ortográfico – a falta do acento grave na palavra “as”, caracterizando a crase.

Dentro da editoria de esportes, destaca-se a matéria intitulada “Atletas de nove municípios participam do Campeonato Estadual de Boxe em Campo Grande”. Este artigo apresenta informações essenciais, como os apoiadores do evento, nomes de atletas com títulos nacionais, bem como detalhes sobre o local e a data. Devido à sua brevidade, a matéria assemelha-se a um convite, sugerindo que possa ter sido originada de um comunicado oficial, como um release.

Com uma abordagem diferente, a notícia “Negociação de Rachel Sheherazade para ‘A Fazenda’ não foi fácil, mas foi a primeira a topar desafio” da editoria “Famosos”, é atual, pois relata um fato recente e relativamente comentado pela população. Entretanto, ao pensar no quesito relevância, entramos no embate do interesse público e interesse do público. O jornalismo de reality shows não é necessariamente importante, mas chama a atenção do público. O formato não se assemelha tanto ao jornalístico quanto os anteriores, afinal, não traz uma apuração, novos fatos ou até um complemento da manchete.

Pode-se concluir que as matérias avaliadas no dia 15 de setembro abrangem uma variedade de tópicos, incluindo cotidiano, polícia, política, economia, esportes e entretenimento. Em sua maioria, são notícias de caráter informativo, caracterizadas por serem relativamente curtas, porém bem complementadas. Entretanto, algumas delas parecem ter origem em releases de órgãos públicos. Esses e demais fatos analisados permitem a compreensão da importância do fazer jornalístico consciente.