Monday, 24 de June de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1293

Edição: 882

O que ainda falta acontecer neste Ano Murphy?

“Tudo o que pode dar errado, dará errado”. A Lei de Murphy, uma das mais celebradas expressões de uma civilização autoqualificada como infalível, tende a ser o moto do interminável 2015, aliás iniciado junto com a sucessão presidencial, meados de 2014 e condenado a ser esticado até 2018. Nunca na história deste país se conseguiu […]

Jornais e TV priorizam políticos em vez do cidadão

Se você costuma achar que a cobertura política nada tem a ver com você, você não é o único. Durante muitos anos, achei que havia algo fundamentalmente errado na forma pela qual os jornalistas abordam a política. Outras pessoas lamentam que uma cobertura de eleições como se fosse uma corridas de cavalos não é imaginativa […]

O STF colocou a bola no centro do campo

O principal jornal catarinense, na edição de 18 de dezembro/2015, na página 18, apresenta um quadro com o voto de cada ministro do STF, dividindo-os em “favorece o governo” e “favorece a oposição”. É a mesma ênfase e linha de raciocínio presente nos telejornais da Rede Globo, na tentativa de pressionar e indispor os integrantes […]

Aos nossos colaboradores e leitores

A equipe do Observatório da Imprensa deseja um Feliz Natal a todos vocês e quer agradecer, de uma forma muito especial,  a atenção que vocês todos nos dispensaram no ano que está terminando. Muito obrigado pelos elogios e também pelas críticas porque elas nos ajudaram a corrigir erros e identificar novos formatos de crítica da […]

Lições da histeria coletiva gerada por caso de adultério no Whatsapp

Sabe-se que as tecnologias acabam condicionando as nossas práticas sociais. Mas entenda aqui condicionar no sentido de criar novas possibilidades, de ser um ponto de partida e não um limitador. O filósofo francês Pierre Lévy desenvolve bastante esse conceito no livro Cibercultura (lançado aqui no Brasil em 1999 pela Editora 34). Um dos pontos da […]

A ditadura de “evidência científica”

Em meio às preocupações que se seguiram à confirmação da tríplice praga transmitida pelo aedes aegypti, em dezembro outro receio irrompeu nas redes sociais. Os alertas anônimos de que o zika vírus também poderia atacar o sistema nervoso de crianças com até sete anos e de idosos. Prontamente, especialistas da área da saúde vieram a […]

Os gargalos da ficção

Está na vitrine de inúmeras lojas, mesmo as não especializadas em brinquedos ou jogos de videogame. As discussões na internet a respeito do novo filme não param. É incrível como uma franquia cinematográfica pode silenciar, inclusive, os calorosos debates relativos ao impeachment no Brasil. Na semana passada (18/12), estreou nos cinemas um longa muito esperado […]

Como traduzir o “economês” das empresas para o público

Princípios da imprensa: formar, informar e entreter. Suponho que tais diretrizes se apliquem a todos os comunicadores. Afinal, alguém que pretende compartilhar informações precisa encontrar um meio de bem compartilhá-las. Dentro das organizações, há inúmeros especialistas. Profissionais da área da saúde, informática, engenharia etc. Cada especialidade tem seu perfil e sua linguagem, de modo que […]

Está ruço, ou são os russos?

Este não é um artigo sobre ortografia. Mas pode ser uma reflexão sobre neurolinguística aplicada; a respeito de como a mídia corporativa manipula e tange a opinião dita “pública” usando vasto arsenal de truques linguísticos e piruetas lógicas. No caso em tela, tomado para ilustrar esta narrativa, à guisa de notícia na área de segurança […]

Vera Guimarães Martins

A “Ilustrada” tomou uma decisão difícil de entender na última quarta: a de “presentear” os leitores com a revelação do enredo do filme “Star Wars – O Despertar da Força”, o sétimo episódio de uma saga que começou há 37 anos e que estrearia no dia seguinte. Era o lançamento mais esperado do ano por […]

Tania Alves

Estamos vivendo um momento muito rico para o jornalismo brasileiro, potencializado pela efervescência dos acontecimentos políticos e econômicos vindos do Planalto Central. Os assuntos, os títulos, as manchetes mudam num mesmo dia em um piscar de olhos. O que era o tema forte pela manhã vira secundário à tarde e, à noite, se transforma em […]

O que o ressurgimento do fascismo pode nos ensinar

Pensamos que ele tinha desaparecido de vez. Foi um engano. Eis aqui por que. Veja um pequeno exercício de reflexão. Se no natal passado eu lhe tivesse dito que o principal candidato a presidente do país mais poderoso do mundo tivesse dito, abertamente, que concordava com a venda de armas, com campos de concentração, com […]