Sunday, 03 de July de 2022 ISSN 1519-7670 - Ano 22 - nº 1194

Edição: 922

De Dilma a Marcela, só há um lugar para a mulher: o de primeira-dama

Em O estrangeiro, primeira faixa do álbum de 1989, Caetano Veloso canta “o macho adulto branco sempre no comando”. De lá, o comando, no espectro da política nacional, cedeu o lugar temporariamente, mas a reação resultou no recente golpe midiático-empresarial-judicial, para usar a expressão de Juremir Machado da Silva. Golpe escondido na forma (rito) e […]

É matar ou morrer

O brasileiro acordou num país mais azul, sem zonas vermelhas, que ecoa até hoje o silêncio do povo nas urnas , a maior abstenção desde 1996. Um país que se reinventa sob uma nova direção que só promete espinhos na reformulação econômica. Nem dá para chiar porque o inverso seria o caos. É matar ou […]

O “jornalismo lento” como alternativa à “montanha russa” noticiosa

Ao renunciar esta semana ( 3/10)  à direção do sistema de rádio da emissora britânica BBC, Helen Boaden ressuscitou a expressão “jornalismo lento” (slow journalism) reabrindo um debate que foi atropelado pelo ritmo vertiginoso da corrida deflagrada pela maioria dos órgãos da imprensa em ser o primeiro a dar uma notícia. A instantaneidade informativa foi […]

2016: um divisor de águas

Um dos estragos causados pelas prisões em cadeia de dirigentes do Partido dos Trabalhadores, nas últimas semanas, foi a guinada à direita resultante das mudanças de humor dos eleitores. Nas eleições municipais, as duas cidades capazes de captar as intenções de voto para presidente do Brasil em 2018 revelaram um surpreendente conservadorismo. Apostaram no PRB, […]