Sunday, 14 de August de 2022 ISSN 1519-7670 - Ano 22 - nº 1200

Artigos de Alberto Dines

2018 em jogo

Ninguém duvida de que estamos decidindo as eleições presidenciais de 2018 nesse início de primavera que embala as insossas campanhas municipais de 35 partidos em 26 capitais. Desde já as pesquisas  prenunciam desestímulo, desinteresse, desconfiança, intenção de votos nulos e brancos, juventude transviada das urnas, ausência de liderança e programas, dissociação entre política e sociedade. […]


A cara do Brasil

Nunca antes na história do país um ex- presidente e um forte aspirante ao comando do Brasil passaram ,na mesma semana, um aperto parecido e foram junto para o banco dos réus – ou quase réus.. Uma semana antes o impeachment varria Dilma Roussef da chefia do governo brasileiro. Quando Eduardo Cunha teve a cassação […]


Obituário congelado

Dilma foi para casa em Porto Alegre no bairro ” Tristeza”. Ao canonizar Madre Tereza de Calcutá , graças à cura de um paciente de Santos, papa Francisco concluiu que o Brasil atravessa ” um momento triste”. A tristeza se abateu sobre o Brasil num 7 de setembro nada festivo. Vivemos entre o inesperado e […]


E como dói !

A Nova República não caiu , sequer começou. O temperamento de Dilma Roussef mostrou que ela é ingovernável, incapaz de controlar seus maus bofes. Caiu quando já não tinha mais nada a oferecer ao país. Caiu clamando vingança. No último minuto , enquanto Temer oferecia pacificação e união, ela levantou o sabre. Conseguiu fracionar o […]


Mergulho a seco

Um jornalista dinamarquês facilitou a introdução séria, honesta e adulta sobre o papel da mídia na discussão da pauta nacional que, neste momento , envolve política, esporte, nossos problemas urbanos e a cordialidade brasileira. Esse debate começou em 1936 quando o pensador Sergio Buarque de Holanda trouxe para as livrarias uma edição crítica do espelho […]


Chegamos aos 20 anos com um duplo desafio

De uso restrito servia como metáfora, na melhor das hipóteses para acompanhar fenômenos planetários, no espaço cósmico. Jamais cogitado para verificações mais próximas, um observatório e o verbo ao qual geminou-se – observar – ganhou usos e conotações inesperadas. A principal delas: intervir em fenômenos sem a resistência dos observados. Saiu da esfera da astronomia […]


Faltava imundice — agora sobra

O espetáculo protagonizado pela jornalista Mirian Dutra desde o dia 19 de Fevereiro desvenda uma imprensa mais mambembe, avacalhada e vulnerável do que as demais instituições, órgãos e poderes da república. No auge do mais corrosivo e demorado escândalo da história brasileira, o episódio deveria merecer no máximo 30 segundos num programa pornográfico da madrugada […]


Uma generalizada sensação de desordem

…ou de extrema vulnerabilidade, vertigem de beira de abismo, náusea causada por queda abrupta. Não na esfera mística, escatológica. Oliver Sacks, o celebrado neurologista anglo-americano, chamado de “poeta laureado da medicina contemporânea” não foi o descobridor desta síndrome, mas foi quem melhor a descreveu cientificamente e a dramatizou num extraordinário ensaio com este mesmo título […]


Repetições, engodos e castigos de Sísifo da Silva

Rebelde, malicioso, o mais astuto dos mortais, capaz de enganar os deuses e até ludibriar a morte — não apenas uma, mas duas vezes — Sísifo foi pintado pelo renascentista Tiziano no momento em que cumpria um dos lances do interminável castigo que lhe foi imposto: empurrar morro acima a pesada peça de mármore e, […]


Como reconhecer o fundo do poço?

Os autores divergem. Além dos raros sobreviventes, as vicissitudes são tamanhas que poucos se animam a revivê-las. Menos ainda são os que têm fôlego para teorizar sobre o dantesco percurso. Dante inclusive. O fundo do poço é irreconhecível – ou para usar uma expressão recuperada pelo escritor-filósofo Garcia Rosa em recente entrevista ao Observatório da […]


De Trumbo a Trump — lista negra ao vivo e em cores

Não é apenas a cinebiografia de um dos maiores roteiristas de Hollywood, Dalton Trumbo (1905-1976). É o retorno a um dos períodos mais sórdidos e perversos da política dos EUA, penosamente contemporâneo, contraditório, recheado de premonições. Tinsel town, cidade das lantejoulas, é uma das alcunhas de Hollywood e um de seus melhores disfarces: a fábrica […]


Falta definir o bom jornalismo e o que é uma história completa

O oportuno festival de resenhas, reflexões, crônicas e reminiscências que antecipou a aula-magna sobre jornalismo investigativo produzida pela equipe do Globe, de Boston, sugeriu a existência simultânea de consensos retóricos, informais e drásticos dissensos, enrustidos. Saudado em prosa e verso pelo primeiro escalão de pensadores da imprensa, o “bom jornalismo” revivido no admirável filme não […]


Casuais e instrutivos reencontros com o Santo Ofício da Inquisição

Como não circulou no fim-de-semana anterior e ficou de fora do festival de resenhas que encobriram o lançamento do formidável “Spotlight”, a nova edição de Época (18/janeiro) marcou presença na segunda rodada de avaliações. E o fez em grande estilo no texto de abertura assinado pelo próprio Diretor de Redação. “Em busca da história completa” […]


Resenha das resenhas: Brasil parece Boston

O Quarto Poder é um dos preferidos da Sétima Arte. Conjugam-se admiravelmente, frutos dos mesmos tempos. O cinema tem sido um dos mais assíduos e rigorosos praticantes do media criticism, a crítica da mídia. O repórter — como mocinho ou bandido, romantizado ou demonizado, dominado pelo sensacionalismo ou ciente de suas responsabilidades — é o […]


O que deu errado III

“Esquerdismo, doença infantil do comunismo”, precisamente com este título, há cerca de 95 anos (Maio de 1920), Vladimir Ilitch Lenin escreveu e publicou em Moscou um ensaio-panfleto denunciando severamente os PCs da Alemanha e da Inglaterra pelo extremismo de suas estratégias,  visto como “desvio ideológico à esquerda”. No cerne das acusações do patriarca do comunismo, […]


O que deu errado? (II)

Utopia, ilusão. Fabricada pela confluência da teologia, filosofia e a filologia, uma das poucas palavras com certidão de idade, genealogia e validade completa neste novo ano, exatos 500 anos de existência, meio milênio de sonhos e acalantos. Expulso do Éden segundo a narrativa bíblica, o homem atravessou os demais relatos — dos mesopotâmicos aos gregos, […]


No Photoshop de “Veja” fabricam-se messianismos e oráculos

“Ele salvou o Ano!” — as quatro palavras acrescidas do eufórico ponto de exclamação servem para um goleiro ou goleador, campeão de natação ou maratonista, protagonista de telenovela, fotonovela ou graphic-novel (“Veja”, edição 2458). Mesmo sem óculos ele exibe algo do cândido e imbatível Clark Kent. Ao descobrir que o dono deste rosto desenhado por […]


O que ainda falta acontecer neste Ano Murphy?

“Tudo o que pode dar errado, dará errado”. A Lei de Murphy, uma das mais celebradas expressões de uma civilização autoqualificada como infalível, tende a ser o moto do interminável 2015, aliás iniciado junto com a sucessão presidencial, meados de 2014 e condenado a ser esticado até 2018. Nunca na história deste país se conseguiu […]


Recessos, retrocessos e vácuo político

Dilma ganhou, Cunha perdeu, Renan assume protagonismo, Temer recua, Fachin derrotado por Barroso – a preliminar do julgamento do impeachment & afins no plenário do STF foi narrada pela mídia nesta sexta de forma singularíssima, como se tratasse do primeiro tempo de uma partida de futebol iniciada nas vésperas do Natal com desfecho marcado para […]


“Folha” vai firme contra Cunha; “Época” prefere beliscar Fachin

Enfim, um racha na mídia. E que racha! Na capa do domingo (13/12), a Folha dá uma magnífica bordoada no deputado Eduardo Cunha. Há tempos não se publicava na imprensa algo tão incisivo e arrasador contra um político. A inesperada fúria do jornal teve o dom de escancarar a complacência da oposição, do próprio PT […]