Tuesday, 16 de August de 2022 ISSN 1519-7670 - Ano 22 - nº 1200

Artigos de Fausto José de Macedo

A internet altera agenda da imprensa

A grande mídia tem usado com perspicácia as forças e fraquezas da psicologia popular para ampliar a corrente contrária ao governo federal, multiplicando as meias verdades como verdades integrais, os preconceitos como conceitos entre outros artifícios para parecer que todo mundo é contrário ao PT e assim continuar explorando o moralismo (falsa moral) e a […]


Político, um adjetivo que se tornou pejorativo

Pode não ter começado com o Faustão, mas falar de político genericamente englobando parlamentares, ministros, secretários e até representantes de empresas públicas ou autarquias beira a má-fé e teve origem naquilo que queria se passar como inteligência e neutralidade no programa de auditório, o Domingão. Hoje é comum este uso com uma inequívoca conotação pejorativa, […]


A morte da documentação jornalística

Uma das características mais fortes do jornalismo que é feito hoje em dia é o que se pode chamar de imprensa da ansiedade e do autoconsumismo. Ele vive da antecipação doentia dos fatos e seu abandono no dia mesmo em que eles acontecem. Uma das consequências é que não há tempo para o jornalismo virar […]



O poder desarmado, a imprensa e a ignorância política

Os processos sociais têm causa e data de início bem claros. Assim como não é de hoje, a ignorância e o analfabetismo políticos também não nasceram de geração espontânea. Para sabermos o que os originou, precisamos retroceder no tempo para apontarmos bem claramente as razões sem dar justificativas. Na década de setenta eu era um […]


Leitura boa, leitura ruim

Na quarta-feira (23/7), o Jornal Nacional abriu com uma matéria dando como boa notícia o fato de que milhares de estágios estavam superando as ofertas normais de empregos no Brasil e assim mais jovens teriam realizado o sonho de seu primeiro emprego.Mas um fato às vezes pode ter duas leituras possíveis, uma boa e outra […]


A doença infantil do jornalismo intensivo

Em psiquiatria, se conhece o processo que torna agudo os sintomas de esquizofrenia. Isso vale para uma pessoa. No caso de uma doença social que atinja milhares de pessoas convergindo a uma situação de surto, isso também pode ser descrito e isolado desde que se tenha uma visão crítica do episódio, o que não ocorre […]


Não faça do jornalismo uma arma

Acabo de me perceber uma expressão neológica que tenta explicar minha reação apática à onda de mau jornalismo que açoita o Brasil, fustiga apenas um lado, o PT, e avança no destrambelhamento sobre qualquer forma sensata de se fazer jornalismo neste país: ‘A euforia paradoxal de desempregado’ equivalente à Síndrome de Estocolmo, que faz a […]