Wednesday, 06 de July de 2022 ISSN 1519-7670 - Ano 22 - nº 1194

Artigos de Guilherme Scalzilli

A hegemonia da crítica conservadora

A radicalização ideológica das grandes empresas jornalísticas teve duas motivações complementares. Primeiro, foi um gesto espontâneo de afinidade partidária: a eleição de Lula contrariou os desejos pessoais (e os prognósticos) da maioria das cúpulas editoriais, que defendiam, aberta ou veladamente, os governos FHC. Mas houve também uma crise financeira sem precedentes no mercado da informação, […]


A Abril nos tribunais

O jornalista Luís Nassif está mobilizando a blogosfera com seu dossiê Veja, série de artigos que denunciam o antijornalismo praticado pela revista nos últimos anos. Envolve interesses corporativos, destruição de reputações, tráfico de influência. Desmascara a diretoria editorial da revista e, principalmente, Reinaldo Azevedo e Diogo Mainardi. Trata-se de estudo avassalador, embora não surpreendente, que […]


A questão da nomenclatura

A pauta política dos grandes veículos obedece à cronologia da conveniência. Os assuntos perdem relevância quando seus desdobramentos contrariam as motivações que inicialmente justificaram a exploração dos fatos. Portanto, antes que outros motes ocupem as atenções gerais, é necessário impedir que a cobertura jornalística sobre a aviação civil mergulhe na obsolescência. Talvez assim entendamos melhor […]


Welcome to Brazil

Na noite de 13 de julho, durante a cerimônia de abertura dos Jogos Pan-Americanos, Lula sofreu um acachapante dissabor público. Os milhares de apupos que ecoaram no Maracanã lotado destruíram a fantasia de infalibilidade que as pesquisas de opinião trouxeram ao presidente. Graças à blindagem ilusória, ele estava indesculpavelmente despreparado para se expor em situação […]


O importante não é quem sai vencedor

À grande imprensa caberia esmiuçar detalhadamente as crises deflagradas nos últimos anos, conduzindo a opinião pública a um profundo exame de consciência. Mas o clima eleitoral intermitente empobrece os debates e transforma o noticiário em panfleto. A mídia de aspirações oposicionistas coloca interesses particulares acima de seu papel social, levando o país a desperdiçar oportunidades […]


A mídia exposta

Já não persistem dúvidas de que a imprensa brasileira vive uma crise inédita de credibilidade. Infelizmente, o diagnóstico tende a resultar inofensivo, pois as análises hegemônicas minimizam o problema. As raras abordagens contundentes embaralham-se em equívocos conceituais, reproduzindo expressões tipo ‘mídia burguesa’, que apenas empobrecem o debate. Os maus jornalistas adoram ser confrontados por um […]