Tuesday, 28 de May de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1289

Artigos de Muniz Sodré

Um ataque de banalidade aguda

Não se deu atenção suficiente à notícia, publicada em vários jornais, de que o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação do Governo, Luis Gushiken, recebeu em seu gabinete o consultor americano Stephen Covey, autor do livro Os sete hábitos das pessoas altamente eficazes. Até aí, tudo normal, nada impede qualquer cidadão de conversar em caráter privado […]


O pagode da moralidade mercantil

Quando uma polêmica não tem mais nada a dar em termos públicos, é hora de fechar para balanço. E os resultados de uma pequena pesquisa divulgada por O Globo não deixam margem a dúvidas: o ‘caso Zeca Pagodinho’ mobilizou mais internautas do que o ‘escândalo Waldomiro’ ou o divórcio de Luma de Oliveira. Despertar o […]


Já ouviu falar em guerras climáticas?

Com exceção do destaque dado pela revista Carta Capital, foi solenemente ignorada pela imprensa brasileira a matéria do semanário inglês The Guardian, segundo a qual um relatório secreto do Pentágono alertou o presidente Bush para a possibilidade de que os Estados Unidos venham a enfrentar terríveis ‘guerras climáticas’ dentro de 50 anos. O relatório, entregue […]


O racismo nosso de cada dia

Lá se vão pouco mais de três décadas, eu trabalhava na redação de um conhecido órgão da imprensa carioca, quando ouvi um dia de um colega habituado às facilidades da vulgata dita marxista que não havia racismo no Brasil, que isto seria ‘coisa de sociólogo americano’. Menos de uma semana depois, o editor da mesma […]


Sem mordaça alguma

A perspectiva de uma ‘mordaça’ legal assusta a todos, jornalistas ou não. Referimo-nos a democratas, cidadãos de bem, claro. Mas é também cabível a pergunta: existe mesmo liberdade de imprensa no Brasil? Comparado ao que se passava durante o regime militar, não sobram dúvidas. O problema agora é determinar quem detém a liberdade em questão, […]


A significação transformadora

Mais de um analista de sociedade já pôde observar que a mudança social não se dá apenas na ordem dos fenômenos sensíveis ou materialmente comprováveis, mas igualmente no plano das significações, onde avultam idéias e imagens. Imaginário é o nome corrente desse plano subjacente ao modo de agir dos sujeitos e das culturas, que dinamiza […]