Monday, 22 de April de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1284

Edição: 826

Meio sem querer, querendo

Como na famosa peça de Luigi Pirandello, a imprensa brasileira passou o final de semana no papel do diretor de teatro que é abordado por seis personagens em busca de protagonismo. Relegados a segundo plano na disputa por manchetes, políticos e outros fornecedores de declarações perderam espaço para os indicadores da atividade econômica que romperam […]

A fase oral que não passa

Toda a imprensa brasileira parou na quinta-feira (27/11) para acompanhar a primeira entrevista coletiva dos futuros comandantes da política econômica. Nas principais emissoras de rádio e nos canais noticiosos da televisão, o assunto dominou o período até o último programa, e na sexta-feira (28) os jornais fazem a retrospectiva das declarações, com as interpretações a […]

Clamor e sombra

Como pano de fundo do clamor pela regulação da mídia ergue-se uma cortina de sombra que ameaça a liberdade de expressão com diferentes modalidades de censura. Nenhuma censura prévia de conteúdos jornalísticos, opinativos, religiosos, ideológicos, políticos é cabível no Brasil. Para raciocinar por absurdo: não há nada nas leis do país que impeça a existência […]

A mídia e as tarefas democráticas do Maranhão

Além de vitoriosos e vencidos, eleições costumam produzir estrelas, campeões e também apressar aposentadorias tanto no âmbito parlamentar como nos executivos estaduais. E uma das surpresas do prmeiro turno que mais chamaram a atenção foi a espetacular vitória de Flávio Dino de Castro e Costa, candidato do PCdoB ao governo do Maranhão. Com a garra […]

O patrimônio da escravidão

Os telejornais da véspera deram destaque e a imprensa em geral registra na quinta-feira (27/11) que a capoeira, “expressão cultural descrita como luta, dança e jogo acrobático”, foi declarada patrimônio imaterial da humanidade pela Unesco – Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura. A justificativa da decisão diz que a capoeira simboliza a […]

Como a mídia ajudou a inflamar o conflito racial

A decisão da justiça americana de inocentar o policial envolvido no episódio controverso da morte do jovem Michael Brown, em agosto, no estado do Missouri, provocou violentos protestos em Ferguson, onde ocorreu o incidente, e manifestações em dezenas de cidades dos EUA, como Nova York, Washington e Los Angeles. O júri decidiu, na noite de […]

Para que serve a economia?

O escândalo da Petrobras fica fora das manchetes na quarta-feira (26/11), após longa permanência como o assunto principal dos diários de circulação nacional. Passam a compor as primeiras páginas especulações em torno do futuro ministro da Fazenda, ainda não anunciado oficialmente, e os novos indicadores do Índice de Desenvolvimento Humano Municipal. Como é de rotina, […]

Ivo viu a uva, vovó…

…e viva a venda de volumões. A imprensa não deixa por menos, somos um país de analfabetos, 16 milhões, sem contar os 33 milhões que não passam da 3ª série e outros milhões que juntam palavras e não entendem o que leem. O brasileiro lê menos de um livro por ano, o hábito da leitura […]

A doutrina do politicamente incorreto

Existem novas verdades históricas no ar. Isto porque a era da informática trouxe o indeterminismo do revisionismo sem limites. A partir de Lula, com seu “nunca na história antes desse país”, para “o maior escândalo” da mesma, ou as sucessivas décadas perdidas, ninguém mais sabe quem tem razão exceto os distintos grupos com suas razões. […]

Queixam-se e gastam

Papel caro? Deve ser um daqueles boatos que dono de jornal gosta de espalhar, para reduzir a equipe e dizer que isso é necessário para controlar os custos. Porque, na prática, todos se comportam como se o papel pagasse à empresa para ser desperdiçado. Uma seção nobre, numa página nobre, num jornal da maior importância, […]

Lógica ultrapassada

O público do jornalismo é uma entidade metafísica e enigmática: nunca se sabe que anseios noticiosos brotarão do íntimo de cada um. De um modo geral, leitores, ouvintes e telespectadores têm preferência pelo hard news, isto é, notícias fortes, que garantem grandes repercussões e desdobramentos. É nisso que os veículos apostam, buscando aumentar a audiência […]

Brasil pode ter maior comunicação pública do mundo

Com mais de 5 mil veículos de comunicação pública, o Brasil tem potencial para instituir um sistema que, integrado, poderá ter uma dimensão inédita no mundo. Na avaliação do secretário de Audiovisual do Ministério da Cultura, Mário Henrique Borgneth, neste cenário, o papel da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) seria estratégico, no sentido de criar […]

O descobridor de personagens

O jornalista Sérgio Fleury morreu hoje [quarta-feira, 19/11] à tarde aos 73 anos de idade, vítima de infecção hospitalar após sofrer uma isquemia. Ele será sepultado neste dia 20, às 16h, no Cemitério São João Batista, no Rio.  Fleury, que não tinha qualquer parentesco com o temido torturador Sérgio Paranhos Fleury, foi um dos jornalistas mais criativos de […]

Biblioteca virtual da União Europeia

O site Europeana é uma biblioteca virtual criada pelos países da União Europeia e contém mais de dois milhões de obras digitalizadas – dentre documentos, livros, mapas, músicas e muito mais – todos já em domínio público. Além disso, é possível fazer buscas um tanto refinadas para localizar os trabalhos de interesse. Leia mais: Europeana

Livro, leitura e cidadania

Houve um tempo em que o livro era um objeto quase sacralizado, acessível apenas a uns poucos eleitos e a um punhado de eruditos. Houve também um tempo em que os livros eram meros objetos do prazer, do entretenimento e de puro diletantismo, acessível, então, a um grupo ainda seleto de pessoas, em especial aquelas […]

Zapejornalismo

Meninos, eu li. Numa madrugada, envenenaram o doleiro Alberto Youssef, que foi socorrido, mas morreu enquanto o Brasil votava para presidente. Nas redes sociais, circulavam os mínimos detalhes do atentado, a identificação do assassino e a ação da Polícia Federal para prendê-lo. Tudo de fonte confiável, que prometia até mesmo reportagem especial no Fantástico. Dias […]

Delfim, o tirano cordial

Antonio Delfim Netto foi superministro, capaz de mandar em tudo, no período mais negro da ditadura militar, entre 1967 e 1974. Enquanto o “sistema de segurança” prendia, torturava e matava sem piedade, o todo poderoso ministro da economia fazia e desfazia os negócios públicos. O “milagre econômico” rendia taxas de incremento da riqueza nacional em […]

Por um novo marco regulatório para as comunicações

Para muitos, é tão óbvio quanto angustiante: a mídia empresarial brasileira é dominada por monopólios consolidados na época da ditadura militar e não representa qualquer esboço de democratização das comunicações. Apesar das mídias ditas alternativas, a diversidade de opinião nos grandes meios de comunicação é inferior à dos anos 50 do século passado. Além disso, […]

Depoimentos

>> Jorge Antonio Barros O dia em que o chefe salvou a memória do repórter Sem falsa modéstia procuro colecionar sempre alguma história boa para contar dos amigos e a maldade toda eu deixo pros inimigos. Do querido e saudoso Sérgio Fleury tenho uma história muito interessante porque, apesar de ter sido pessoal, ela tem um […]

Um breve olhar na essência da televisão

Em 1957, dois dos maiores talentos da televisão brasileira – Carlos Alberto Loffler e Fernando Barbosa Lima – sacudiam o meio com a criação de Preto no Branco, na TV Rio. O programa, ao vivo (a tecnologia do vídeotape só chegaria seis anos depois), consistia numa entrevista (feita por Osvaldo Sargentelli, em off) com a […]