Thursday, 18 de July de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1297

Artigos de Cássio Gusson

A notícia como arma

Independente do fato de Ahmadinejad ser eleito através de um processo eleitoral fraudado ou não, é certo que os recentes conflitos no Irã revelam a importância da comunicação como instrumento belicioso.Ações como a restrição da velocidade da banda larga, bloqueio de SMS, retirada das credenciais de jornalistas internacionais, repressão a troca de informações, entre outras, […]


Os equívocos de um debate social

A decisão do STF que tornou desnecessário o diploma universitário para exercer a profissão de jornalista gerou diversas reportagens, artigos e editoriais em todos os veículos de comunicação e também neste Observatório. Porém, o que mais me intrigou neste debate foram os argumentos e as justificativas utilizadas pelos defensores da decisão que confundiram conceitos e […]


A Copa e a notícia

A Copa do Mundo é um dos eventos midiáticos mais importantes do mundo. Além de movimentar somas milionárias e acordos políticos, a competição movimenta o mercado de informação e assim toda a grande mídia internacional.Sediar eventos como este, em meio a um cenário de globalização e de geopolíticas continentais e intercontinentais, é um grande desafio […]


Menos restrições e mais avanços

A recente ‘discussão’ de dois ministros do Supremo Tribunal Federal, transmitida ao vivo pela TV Justiça, colocou em questão a legitimidade do atual sistema de transmissão das sessões do STF.Em artigo publicado na seção ‘Tendências e Debates’ da Folha de S.Paulo (02/05/2009), Carlos Mário da Silva Velloso defendeu que as transmissões devem continuar, desde que […]


O ano é de festa

Quando os primeiros tipos ‘imprimiram’ que o verbo pairava sobre as águas, a narrativa do Gênesis assumiu outras proporções e o Pentateuco passou a ser escrito de outra forma, através das novas possibilidades dos tipos móveis. Davi atirava a pedra em Golias.Porém, depois das primeiras publicações do livro sagrado, a idéia de Gutenberg ‘pegou’ e […]


No meio do caminho tinha uma pedra

O verso do título é de Drummond mas, apareceu pela primeira vez na Comédia. Dante encontrava-se ‘Nel mezzo del camin’, atribulado por dificuldades diversas. Sua morte era quase certa quando aparece Virgílio com a incumbência de levá-lo por caminhos tortuosos entre o Inferno, Purgatório e Paraíso, para que possa ter sua redenção e encontrar sua […]


Amadorismo no noticiário internacional

Agem de forma errada os veículos de comunicação – em especial a grande imprensa nacional e internacional – que, abordando a atual questão envolvendo os EUA e a Rússia no que diz respeito às bases norte-americanas a serem instaladas na Europa, o fazem salientando apenas as declarações controversas de Vladimir Putin.Limitando o assunto, os veículos […]


A inocência de um filósofo experiente

No caderno ‘Mais!’ da edição da Folha de S.Paulo de 27/5/2007, Jürgen Habermas tratou de tema relacionado às modificações que a imprensa sofreu e sugere uma das formas de se resolver estas transformações para que a imprensa cumpra seu objetivo e possa ‘permanecer’ imprensa com qualidade editorial – e para que, sendo on-line, estas qualidades […]


Quando falta o debate vence a mediocridade

É inegável que o fechamento da RCTV configura um ataque imenso à liberdade de imprensa na Venezuela. Fato este que ganhou editorias pelo Brasil e nos principais jornais pelo mundo, mas afora as questões superficiais que envolviam os ataques a Hugo Chávez, ou então o apoio às suas justificativas, a imprensa não conseguiu refletir o […]


A liberdade e os espelhos

‘Observe a dialética da censura e da liberdade no campo da cultura, porque a guerra econômica do petróleo é apenas uma metáfora da guerra subjetiva, que é a guerra da comunicação, que a dominação é a guerra cultural.’ – Glauber Rocha, entrevista dada em 1979 a Silva Duarte, Repórter, nº 52, 16/9/1981Não há absolutamente nada […]


O pior exemplo de jornalismo de curral

É do conhecimento de boa parte dos leitores e leitoras de periódicos que o jornalismo brasileiro beira o ridículo por cometer erros tão crassos que nos fazem duvidar da existência de manuais de redação que zelam pela ética e pela imparcialidade no meio. Porém, como estão ‘à vista’ do grande público, os maiores jornais do […]


A geografia dos jornais impressos

Sem meias palavras, ou os jornalistas e editores dos maiores jornais do país não têm a mínima noção de geografia, ou estão varrendo a sujeira para debaixo do tapete. Somente isto pode explicar a geografia que é traçada dia-a-dia no noticiário nacional.Para a Folha de S. Paulo e o Estado de S. Paulo, só existem, […]


Poucos avanços, muitos paliativos

Resolvi dedicar-me a Homero e à leitura mais especializada dos jornais no Brasil a fim de avaliar melhor se, nós, observadores, não estávamos ‘perseguindo’ muito os periódicos. Resolvi também fazer uma pesquisa quantitativa para verificar como os jornais se haviam comportado quando criticados por seus erros e como suas decisões futuras sofreram mudanças devido a […]


Os descaminhos da informação

Ao sentar para escrever este texto, há redações preparando-se para cobrir pautas, editores finalizando textos, fotógrafos registrando momentos através de um olhar único, há também leitores desfrutando de informação e críticos indignados com determinadas posições. Há ainda José, que com seu ‘E agora?’, assemelha-se a Poe, o do corvo.É quase automática a lembrança de sua […]


O disfarce de Chapeuzinho Vermelho

sf. 1. Ato ou efeito de comunicar(-se). 2. Ato ou efeito de emitir, transmitir e receber mensagens por meio de métodos e/ou processos convencionados. 3. A mensagem recebida por esses meios. 4. A capacidade de trocar ou discutir idéias, de dialogar, de conversar, com vista ao bom entendimento entre pessoas.As definições acima constam no dicionário […]


Paixão da retórica e monólogos unilaterais

Pauta do programa televisivo do Observatório da Imprensa e tema sempre presente em artigos na mídia, o debate, palco de grandes retóricas, é uma questão que se coloca aos intelectuais como primordial. Aos formadores de opinião, como base de toda sua conduta, e à população, fundamental para fugir do senso comum na construção de uma […]


Quando ninguém ri da sátira

‘O jornal tem, entre os seus compromissos editoriais, o pluralismo, assim justificado: ‘Numa sociedade complexa, todo fato se presta a interpretações múltiplas, quando não antagônicas. O leitor da Folha deve ter assegurado seu direito de acesso a todas elas. Todas as tendências ideológicas expressivas da sociedade devem estar representadas no jornal.’’ Assim escreve Marcelo Beraba […]


Prós e contras na cobertura da imprensa

A cobertura feita pela imprensa, brasileira e mundial, referente à visita do presidente Bush ao Brasil mostrou-se, no geral, de boa qualidade, embora algumas faltas tenham prejudicado a cobertura em diversos momentos, o que revela problemas de observação, como este Observatório tem apontado há muito tempo e que agora ficaram extremamente evidentes por se tratar […]


Esperança, o nome de Maria

‘Gente que mora no morro não tem sonho’, Edna Ezequiel, 29 anosOs riscos vermelhos colorem o branco dos olhos num tom de desespero e humilhação. São conseqüências das horas dedicadas às lágrimas de uma dor que corta o rosto quando já os olhos não a podem conter. Cicatrizes inaudíveis na pele surrada que há muito […]


Jornalistas despreparados, entrevistado esperto

Envolvido nas principais manchetes quando a assunto diz respeito à criminalidade, o governador do estado do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, esteve presente na segunda-feira (26/2) no programa Roda Viva, da TV Cultura de São Paulo, para responder as questões dos jornalistas Ancelmo Gois, colunista do jornal O Globo, Carlos Marchi, repórter e analista de […]