Friday, 19 de August de 2022 ISSN 1519-7670 - Ano 22 - nº 1201

Artigos de Dorrit Harazim

Uma nação partida

Quem aguarda com ansiedade um discurso histórico de Obama sobre a urgência de uma América pós-racial provavelmente terá de se contentar com a leitura de suas futuras memórias, na condição de ex-presidente.



Orfandade no ar

Só dá notícia ruim. A novidade do dia é pior do que a da véspera e o panorama que se avista é desolador. Não se está falando aqui de petrolão nem do início do segundo mandato de Dilma Rousseff. O desalento é com a sucessão de baixas sofridas pelo jornalismo dos Estados Unidos na última […]


Somos todos figurantes?

Cada vez que jihadistas islâmicos divulgam na internet o vídeo de sua mais recente atrocidade, a mídia se vê diante de um dilema: cabe aos meios de comunicação o papel de mensageiros da barbárie? O quanto essa informação é essencial e devida a seus leitores, telespectadores, usuários da versão online? Ou trata-se apenas de material […]


Selfies em Auschwitz

O número de sobreviventes está minguando. Quando o Exército Vermelho escangalhou os portões de Auschwitz no dia 27 de janeiro de 1945, libertou perto de sete mil sobreviventes do maior campo da morte nazista. Destes, 600 eram crianças. Uma década atrás adultos e crianças ainda somavam 1.500. Na cerimônia da semana passada pelos 70 anos […]


A rebelião de existir

Dois dias atrás [sexta-feira, 16/1] o blogueiro Raif Badawi foi retirado da cela que ocupa numa prisão de Jidá logo cedo e submetido a uma avaliação médica. O teor do diagnóstico alterou a programação agendada para o fim da tarde: diante da insuficiente cicatrização de seus ferimentos, o jovem saudita não estava apto a suportar […]


Não somos todos Charlie

Hoje à tarde [domingo, 11/1] (15h em Paris), o presidente François Hollande, a chanceler alemã Angela Merkel e os chefes de governo da Espanha, do Reino Unido e da Itália estarão a postos na Place de la République. Deverão participar da programada marcha monumental, solene e republicana em homenagem aos fuzilados no atentado que dizimou […]


Chega de eufemismos

Num longo ensaio publicado seis meses atrás na revista “New Yorker”, o jornalista Adam Gopnik disserta sobre linguagem e eufemismos. O autor sustenta que é preciso coragem para eliminar o clichê e o eufemismo do nosso discurso, pois significa estarmos dispostos a chegar mais perto da verdade. “Sempre que falamos de forma direta sobre algum […]


A era do terrorismo ostentação

Algumas imagens colam em nossa memória como gosma tóxica. Isso, apesar da saturação visual com a qual a Humanidade decidiu conviver. Levantamento recente citado pela “New Yorker” indica que 700 milhões de fotos e vídeos são compartilhados a cada dia através do Snapchat. E cem horas de vídeos novos se somam a cada minuto ao […]


O cidadão-inimigo

Barack Obama, como se sabe, é o primeiro presidente negro da história dos Estados Unidos. Ao assumir a Casa Branca em 2009 tratou de indicar Eric H. Holder, também negro, para ocupar o quarto cargo mais importante da hierarquia governamental: o de procurador-geral. Holder é o primeiro afrodescendente entre os 81 que o precederam no […]


Sem olhos em Gaza

Foi em 1936 que Aldous Huxley, autor do clássico “Admirável mundo novo”, espécie de antiutopia sobre a desumanizada sociedade do futuro, publicou o aclamado “Sem olhos em Gaza”. Retrato sem contemplações da espécie humana, o romance tem por título um verso de John Milton (1608-1674) sobre a cegueira do personagem bíblico Sansão na Gaza dos […]


Seleção selfie: espetaculosa até o fim

Por que se indignar com a enfermeira Cínthia, de Fortaleza, que filmou Neymar na chegada ao Hospital São Carlos com a vértebra fraturada no jogo contra a Colômbia? O vídeo postado na internet mostra o atacante na maca, chorando, sendo empurrado às pressas corredor adentro. A cena captada no smartphone tem meros 25 segundos de […]


Aquarela do Brasil

O leitor quer ficar de bem com a vida e começar o domingo sorrindo à toa, independentemente do resultado do jogo entre Brasil e Chile? Basta entrar no YouTube e assistir a uma cena que não lhe tomará mais de três minutos e três segundos de tempo. E é grátis: http://zip.net/bknR0l Desde o início da […]


O gol mais patético da história

Esta semana [passada] a seleção chilena comandada pelo técnico Jorge Sampaoli fez história ao eliminar de forma acachapante e inapelável a Espanha, atual campeã mundial. Fiel à filosofia de atacar sem medo introduzida pelo seu antecessor Marcelo Bielsa, Sampaoli dá sua receita. “Você procura incutir nos jogadores um amor à camisa feito de contentamento, não […]


Um passeio pela alma humana

Tudo começou em 2009, quando uma empresa de papel de correspondência encomendou um texto publicitário para sua linha de produtos. Para sorte da banda sensível da humanidade, a tarefa recaiu sobre o inglês Shaun Usher, jovem redator obcecado por cartas desde seus tempos de infância. De tanto fuçar em museus, arquivos e bibliotecas para a […]


O insulto pelo verbo

“O comentário é livre, mas os fatos são sagrados”, ensinou o liberal britânico C.P. Scott, homem forte do “Manchester Guardian” por mais de meio século. Embora dirigida à tribo dos jornalistas, alguma serventia genérica a frase deveria ter para outros bípedes. Até mesmo para políticos. Não foi o que norteou a governadora Roseana Sarney ao […]


Quem sabe faz a hora

Poucos dias atrás, o ex-agente da CIA Ray McGovern estava em Seattle para uma de suas últimas palestras do ano sobre os descalabros dos atuais serviços de inteligência americanos. McGovern, hoje um setentão, trabalhou na companhia por 27 anos. Foi analista de inteligência de 1963 a 1990 e serviu a todos os presidentes do período […]


Quem sabe faz a hora

Poucos dias atrás, o ex-agente da CIA Ray McGovern estava em Seattle para uma de suas últimas palestras do ano sobre os descalabros dos atuais serviços de inteligência americanos. McGovern, hoje um setentão, trabalhou na companhia por 27 anos. Foi analista de inteligência de 1963 a 1990 e serviu a todos os presidentes do período […]


Snowden, o mensageiro do ano

Este ano o tema principal da tradicional mensagem de Natal da rainha, transmitida do Palácio de Buckingham às 3 da tarde do dia 25, foi a importância da reflexão. Elizabeth II introduziu o assunto narrando o caso de um gentleman cuja visão do mundo se alargara depois de ele ter ficado imobilizado por um ano […]


Gente como a gente

Vaia e ovação devem ser as duas únicas palavras do vocabulário humano que qualquer político – independentemente de país, partido, regime, língua ou ideologia – entende. Elas dispensam intérpretes, a mensagem é universal. E o efeito de ambas é instantâneo. Na vaia a expressão facial do alvo tende a se petrificar, enquanto os ouvidos flamejam […]