Wednesday, 06 de July de 2022 ISSN 1519-7670 - Ano 22 - nº 1194

Arquivos: Código Aberto

Comunidades, a opção estratégica do jornalismo

São cada vez menores as dúvidas sobre o fim da hegemonia da comunicação em massa na sociedade contemporânea. Até agora os recursos tecnológicos disponíveis viabilizavam apenas a comunicação tipo um para muitos, onde uma mesma notícia era produzida para atender muitos leitores, ouvintes ou telespectadores devido às limitações de distribuição impressa ou audiovisual. Mas, com a chegada […]

O jornalismo entre a automação e a agregação de valor

Cada vez que o tema novas tecnologias na comunicação e informação entra na agenda jornalística, ele divide opiniões e provoca posicionamentos apaixonados. Num extremo estão os que demonizam os bytes e bits, enquanto no outro agrupam-se os que consideram a internet uma especie de nirvana jornalistico . Entre os dois opostos há uma enorme gama de […]

Como sobreviver à ‘guerra da informação’

No texto anterior (ver “Mais perdido que leitor de jornal”) foi iniciada uma análise da maneira como as pessoas captam uma notícia e como uma confusão entre os conceitos de dado e informação acaba contribuindo para aumentar a desorientação dos leitores, provocada pela avalancha informativa. É um tema complexo, mas importante porque sua compreensão ajudará […]

Mais perdido que leitor de jornal

O título bem que poderia ser a atualização do velho dito “mais perdido que cego em tiroteio”. A desorientação é a característica comum e o sinal de que já estamos vivendo o que pode ser definido como “guerra da informação”. Cada vez mais os conflitos modernos tendem a ser decididos por quem maneja a informação, […]

Publicidade que parece notícia

A publicidade nativa (native advertising) é a versão portuguesa de um jargão, muito popular na imprensa dos Estados Unidos, que identifica matérias publicitárias disfarçadas de jornalismo, cada vez mais frequentes na mídia impressa norte-americana, inclusive em grandes jornais como The New York Times, The Washington Post e The Wall Street Journal.  A estratégia é considerada um verdadeiro sacrilégio por muitos jornalistas, mas, […]

Ressaca eleitoral antecipa a era da incerteza informativa

A verdadeira avalancha de notícias contraditórias deflagrada nas redes sociais forneceu uma amostra do que nos espera – num futuro não muito distante – em matéria de incerteza informativa. O resultado do segundo turno das eleições presidenciais incorporou um elemento passional às manifestações dos eleitores pela internet, mas o fenômeno da multiplicação de visões divergentes nas redes […]

Imprensa: muita calma nesta hora

A ressaca da campanha eleitoral criou uma situação extremamente delicada em que o papel da imprensa passa a ser ainda mais relevante do que antes do segundo turno. A radicalização político-emocional, promovida por veículos como a revista Veja, fez aflorar velhos preconceitos e vestígios autoritários gerados pela frustração eleitoral. O ambiente político surgido logo após a […]

Boataria desorienta eleitor e mostra omissão dos jornais

A última campanha presidencial mostrou que se a mídia jornalística brasileira, especialmente a escrita, não mudar suas estratégias de cobertura política, ela caminhará inexoravelmente para a insignificância em matéria de informação eleitoral. Os jornais nesta campanha se limitaram a publicar pesquisas eleitorais, geralmente com atraso, ou funcionar como caixa de ressonância para denúncias, quase sempre, geralmente associadas a […]

Eleições 2014: o desencanto venceu

Pode ser apenas uma percepção pessoal, mas sinto que seja qual for o resultado do segundo turno das eleições de 2014 a sensação de desencanto dos eleitores supera os percentuais dos candidatos. As pesquisas não mediram o grau de desilusão do público em relação às promessas e ao desempenho dos dois candidatos presidenciais, mas a falta de […]

A institucionalização do anonimato como fonte de notícias

O espantoso índice de seis bilhões de visitas mensais transformou o site norte-americano Whispers no foco de um intenso debate sobre o uso de informações anônimas para alimentar a pauta de notícias da imprensa. O site faz diariamente uma seleção do material que recebe e manda as postagens mais polêmicas e atrativas para jornais, revistas, emissoras de rádio e […]

A imprensa com funções de partido político

Sempre que o país enfrenta uma conjuntura delicada no terreno econômico, social ou político, ou ainda durante campanhas eleitorais acirradas, a imprensa se transforma na principal arena de confronto entre posições antagônicas, deixando em segundo plano os debates parlamentares.  Este fenômeno não é fruto de uma conjuntura específica, mas um processo estrutural cujos efeitos tendem a se […]

Guerra noticiosa na campanha eleitoral pode ser um tiro no pé

O segundo turno das eleições presidenciais tem tudo para ser uma guerra entre governo e os três maiores jornais do país, cujas simpatias pela candidatura oposicionista ficaram expressas claramente já na campanha para o primeiro turno.  Os antagonismos entre governantes e donos de jornais não é uma novidade na América Latina, um continente onde a inexpressividade dos partidos acabou […]

Mobilidade informativa e as novas estratégias editoriais

Os mais recentes estudos dos hábitos de acesso às notícias mostram uma preferência cada vez mais acentuada pelo uso de celulares inteligentes (smartphones) e tablets como veículos para informação pública. Um estudo da Associação Nacional de Jornais dos Estados Unidos (NAA, na sigla em inglês) mostrou um crescimento de 18% no uso de equipamentos móveis para acessar […]

A indústria da distorção da notícia assusta até os jornais

A infiltração de interesses políticos e econômicos disfarçados de informação no noticiário jornalístico deixou de ser uma exceção para transformar-se numa regra que já preocupa até os grandes jornais e revistas como o The New York Times e The Economist. A preocupação resulta do fato de que é cada vez mais difícil distinguir dados de interesse público de fatos, números […]

Jornalismo e democracia, uma nova relação na era digital

Bastião da democracia, patrulheiro do governo, formador de bons cidadãos, defensor do interesse público. Os leitores de jornais estão acostumados com estas definições, ou caracterizações da atividade jornalística, repetidas constantemente tanto pelos donos de empresas como por teóricos da comunicação. Mas estes conceitos estão começando a mudar. Em 1995, James Carey, um dos ícones da cultura […]

Facebook, a outra cara da campanha eleitoral

A campanha política via Facebook está mostrando uma curiosa e interessantíssima diferença no comportamento dos eleitores. Nas redes virtuais, os posicionamentos pessoais são muito mais diversificados – o que torna o debate pré-eleitoral mais variado e atrativo, embora a baixaria se faça presente com alguma intensidade. Enquanto os jornais, revistas e até a televisão apresentam uma campanha eleitoral altamente […]

Nichos informativos como alternativa de emprego para jornalistas

Como começar no jornalismo? Há alguns anos esta pergunta teria uma reação imediata: procure um jornal. Mas, em tempo de crise na imprensa, a resposta não é mais rápida e muito menos fácil para mais de 50% dos estudantes diplomados anualmente por faculdades de jornalismo no Brasil. No entanto, algumas experiências aqui e no exterior […]

2014, a eleição dos partidos ‘faz de conta’

A eleição de 2014 marcará o auge de um processo de esvaziamento dos partidos brasileiros que sobrevivem apenas em função da burocracia do sistema jurídico e do corporativismo dos políticos. A miríade de siglas legalmente registradas configura um cenário fantasmagórico onde as identidades, programas, projetos e ideologias acabaram pasteurizadas a ponto de ninguém hoje conseguir distinguir […]