Friday, 01 de March de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1277

crise econômica

A pauta do desencalhe da economia

O processo de impeachment, os planos e o ministério de um possível governo chefiado por Michel Temer têm sido os temas dominantes também da cobertura econômica. Os problemas de uma economia em recessão funda, prolongada e sem perspectiva de superação a curto prazo ficaram meio ofuscados, como se o importante, agora, fosse descobrir e divulgar […]

Pessimismo político e otimismo econômico

Com o País atolado na maior recessão em 25 anos, o mercado de ações teve o melhor desempenho desde 2008, na primeira semana de março, e o dólar caiu como se o Brasil fosse o destino mais atraente e mais confiável para os investimentos. A economia brasileira encolheu 3,8% no ano passado, a indústria produziu […]

George Soros vê 2016 tão ruim quanto 2008

O mega investidor George Soros acredita que, do ponto de vista macro-econômico,  2016 será tão difícil e conturbado quanto 2008, ano que os economistas consideram um marco em matéria de crises no sistema financeiro mundial, conforme artigo da agência de notícias  Bloomberg. A sombria previsão de Soros, nascido na Hungria mas naturalizado norte-americano, tem como […]

Quando os fatos assustaram os pessimistas

A economia brasileira deve continuar encolhendo em 2016, com mais desemprego e mais empresas quebradas, em novo capítulo de uma recessão iniciada em 2014 e já classificada como depressão ­por alguns analistas. Esse é o prognóstico do mercado financeiro, do Fundo Monetário Internacional (FMI) e da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE).  […]

A polêmica sobre o futuro da nova classe C

A notícia da edição do último domingo (1º/11) pelo Estadão – disseminada para outros veículos por meio de sua agência de conteúdo – sobre a possibilidade de retorno de 3 milhões de famílias da nova classe média para as classes D e E é uma interessante lição sobre a esquizofrenia da grande imprensa econômica brasileira […]

A absolutização do absurdo

Consultado pelo jornalista Vicente Nunes, autor da coluna “Correio Econômico” (Correio Braziliense, de 02/10/2015), o professor Simão Davi Silber, da Universidade de São Paulo (SP), diz que o Brasil conjuga, atualmente, quatro crises: política, econômica, social e moral. Para o educador, “tudo isso está acontecendo porque o governo perdeu a capacidade de governar”. A absolutização […]

Rebaixamento, a história incompleta

O dano causado pela crise financeira do governo – e pelo rebaixamento da nota de crédito do Brasil – foi muito além da administração federal. Se ficasse por aí, o estrago já seria grande, mas a reclassificação do país avançou como um tsunami pelo mundo empresarial. Os jornais noticiaram essa parte do desastre, mas de […]

O mosaico da crise

Economia no buraco e um buraco recorde nas contas públicas foram as duas notícias mais importantes da última sexta-feira de agosto (28/8) – um presentão para quem quisesse produzir uma edição muito forte. Mas o presente foi desprezado nos maiores jornais de São Paulo e do Rio de Janeiro. Primeira notícia: no segundo trimestre o […]

O dilema do Grupo Globo

O Grupo Globo cresceu 15% em 2014, tornando-se o 17º maior proprietário de mídias do mundo (já mencionei o fato na edição 863 deste Observatório). É o terceiro que mais cresceu no ano passado, atrás apenas do Facebook (63%), e do Baydu, da China (43%). O Google é o número um e em toda a […]

A crise virou pauta do dia a dia

Foi uma sexta-feira (19/6) para urubu nenhum botar defeito. Ao meio-dia, todo editor estava diante de uma tarefa quase obrigatória: juntar todos aqueles dados e montar pelo menos num texto geral de apresentação, um panorama da crise.

A tesourada e a cautela

Os jornais parecem ter coincidido numa atitude cautelosa. Chamaram a atenção para a ausência de Joaquim Levy, lembraram sua posição nas discussões sobre os cortes e deram como certa sua insatisfação, mas ficaram por aí.