Sunday, 14 de August de 2022 ISSN 1519-7670 - Ano 22 - nº 1200

Artigos de Renato Tardivo

“Filho de Saul”: a troca da vida pela morte

“Filho de Saul”, filme húngaro dirigido por László Nemes, é um dos melhores longas-metragens atualmente em cartaz no circuito nacional. Com justiça, ganhou o Oscar de melhor filme estrangeiro na premiação do dia 28/2/2016. A categoria que premia filmes estrangeiros talvez seja a mais interessante do Oscar porque é a menos contaminada pela indústria hollywoodiana […]


O escritor e o silêncio

Raduan Nassar, um dos principais escritores brasileiros de todos os tempos, completou 80 anos dia 27 de novembro. Curiosamente, Raduan chama atenção tanto por sua obra esplendorosa (e pouco extensa) quanto pelo abandono (precoce) da literatura, ou por aquilo que ele ainda poderia ter escrito. Desde os anos 1960, quando decide dedicar-se à literatura, ele […]


A piscina que liberta e aprisiona

Se é que já esteve em voga, o senso crítico no Brasil, de algumas décadas para cá, parece ter caído ainda mais em desuso. Quando a desigualdade econômica entre as classes era mais gritante, paradoxalmente talvez houvesse uma maior tolerância à convivência entre as diferentes camadas sociais. Seja como for, a polarização era explicitada e, […]



‘Birdman’ e a redenção

O diretor mexicano Alejandro Iñarritu tem no currículo filmes fortes e transgressores, como Amores brutos (2000) e 21 gramas (2003). Mas é com Birdman (2014) que o cineasta tem alcançado maior notoriedade. Com nove indicações ao Oscar, o filme ganhou em quatro categorias – fotografia, roteiro, diretor e filme –, sagrando-se o grande vencedor da […]


Da História, à ficção, à História

K. Relato de uma busca é o livro de estreia na ficção do jornalista Bernardo Kucinski. Originalmente publicado em 2011 (Expressão Popular) e reeditado em 2014, o romance trata da procura de um pai, o escritor de iídiche chamado K., pela filha desaparecida na época da ditadura militar, uma jovem professora do Instituto de Química […]


A verdade da escrita

Flores artificiais, novo livro de Luiz Ruffato, é um buquê com oito ramos, além de uma apresentação, uma carta e um posfácio. Portanto, um livro que resulta da urdidura de várias histórias, em diferentes camadas. Na apresentação, Ruffato dá as diretrizes ao leitor. As histórias narradas no livro foram reescritas a partir de memórias de […]


Festa silenciosa

João Anzanello Carrascoza é um dos principais escritores brasileiros em atividade. Nos últimos anos, o autor conciliou quantidade e qualidade: publicou diversos títulos, todos bem recebidos pela crítica. Para citar os mais recentes, em 2010 lançou Espinhos e alfinetes; em 2011, A vida naquela hora (3º lugar no Prêmio Clarice Lispector) e Amores mínimos (entre […]


A ferida por ela mesma

O livro As feridas de um leitor reúne artigos do escritor, crítico literário e jornalista José Castello. Como afirma o próprio autor na “Advertência” do início, os textos “compõem um registro – profunda cicatriz – das feridas que a leitura sempre produz em mim”. Escritores clássicos e contemporâneos, prosadores e poetas, bastante ampla é gama […]


A Princesa de Espinosa

“O contraste não poderia ser mais agudo: confortavelmente instalado na sua poltrona preferida, entre as cobertas da cama, ou na rede da varanda, talvez com uma barra de chocolate ao alcance da mão, o leitor abre o volume que reservou para este momento de lazer – e mergulha numa história cujo centro é um crime. […]


História e política na criação do escritor

Edney Silvestre era, até 2009, um jornalista conhecido do grande público pela carreira bem-sucedida em que acumulara, entre outras, a função de repórter, correspondente internacional e, mais recentemente, entrevistador do programa Espaço aberto literatura, da Globonews – atividade na qual se mostrou um leitor atento e sensível. Não é de estranhar, portanto, que este olhar […]


Jogo de cena e As canções

É inevitável a comparação entre As Canções (2011), documentário mais recente de Eduardo Coutinho, e Jogo de Cena (2007), também dirigido por ele. Os dispositivos são praticamente os mesmos: o depoente, diante da plateia vazia, a rememorar experiências significativas de sua vida; Coutinho, o entrevistador, no contracampo e fora de quadro. E só. Ou quase. […]


Felicidade ambígua

A crônica é um gênero bastante apreciado no Brasil. Somos um povo quente; gostamos de passar a notícia adiante, não temos tempo a perder. A magia da crônica consiste justamente nisto: eternizar o momento. Sempre tivemos excelentes cronistas: Machado de Assis, João do Rio, Stanislaw Ponte Preta, Rubem Braga, Elsie Lessa, Nelson Rodrigues, Paulo Mendes […]


O repórter habita as histórias

Christian Carvalho Cruz, repórter do jornal O Estado de S. Paulo, acaba de lançar um livro tentador. A coletânea, que conta com apresentação de Laura Greenhalgh, reúne 23 textos publicados originalmente entre 2009 e 2011 no caderno Aliás – suplemento dominical do Estadão que aprofunda os assuntos marcantes da semana. Trata-se de um livro de […]