Sunday, 21 de July de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1297

Edição: 660

A subserviência da mídia brasileira

Ao contrário da visão imposta de forma incessante pela mídia, o 11 de setembro não significou nenhuma mudança efetiva na política internacional – nem na política externa dos EUA, nem de qualquer outro país. A política externa dos EUA permaneceu voltada para os ataques a seus inimigos e para o patrocínio do terrorismo de Estado […]

Suzana Singer

O primeiro editorial de terça-feira passada chamava a atenção para “distorções relevantes” na classificação de escolas, feita com base nos resultados do Exame Nacional do Ensino Médio. Só que, um dia antes, o jornal tinha publicado exatamente o que criticava: o “ranking Enem de colégios”. Todo ano, o script se repete. O Ministério da Educação […]

A metafísica da censura

A autocensura é contraditória, pois a censura ocorre pela iniciativa de outro que não o próprio censurado. Portanto, a autocensura é simultaneamente realizada e não-realizada. Mas a autocensura também é equívoca porque, não obstante ser contraditória, é muito utilizada para referir enfaticamente a todo tipo de pudor. A forma mais econômica de censura é estabelecer […]

A transformação da notícia no tempo

A fragilidade do argumento de renomados jornalistas e acadêmicos é estarrecedora. Após dez anos dos atentados de 11 de Setembro continuam a dizer que os integrantes do governo Bush – e ele próprio – não perceberam que a Al Qaida estava em guerra com os EUA e que os EUA ainda não tinham se preparado […]

As novas dinâmicas da publicidade com a TV digital

Hoje não se pode falar em televisão e tampouco planejar o seu futuro sem considerar o cenário de digitalização que a constitui e, no futuro, será único, com o fim das transmissões analógicas. Isso provoca reconfigurações no panorama audiovisual, de forma que, estando o modo de consumo, produção e distribuição de produtos televisivos a passar […]

Paulo Rogério

“Eu só acredito no repórter que sente o cheiro de onde está a notícia.” [Saulo Gomes, jornalista] O clima festivo que se criou em torno da reinauguração oficial do estádio Presidente Vargas não contagiou apenas a administração municipal. Grande parte da imprensa se rendeu ao encanto das homenagens. Uma amnésia preocupante com relação aos fatos […]

A viagem fundamental

  [do material de divulgação] Hipólito da Costa é uma figura histórica cuja notoriedade resultou em efeito paradoxal: algumas passagens de seu discurso no Correio Braziliense, jornal que publicou em Londres, entre 1808 e 1822, são bem conhecidas, mas sua biografia abriga lacunas importantes, situações sinuosas, fatos não esclarecidos ou sem explicação convincente, o que […]

Ora, veja, pois!

“As relações entre as agências da Grã-Bretanha e da Líbia ficaram muito próximas.” (David Cameron, primeiro-ministro britânico) Notícias que dão muito o que pensar. Provêm do conturbado e incandescente cenário árabe.CartaCapital assevera que a guerra na Líbia foi também, em parte, um conflito interno dos Estados Unidos. Explica o porquê. Enquanto Barack Obama festejava a […]

O estouro das bolhas pós-11/9

Terça-feira, 11 de setembro de 2001. Era uma manhã comum de trabalho na redação da Casa Publicadora Brasileira. A rotina seguia seu curso: textos para revisar, matérias para escrever, decisões editoriais. Até que alguém gritou da sala de reuniões: “Venham ver isso aqui!” Quando entrei na sala, o relógio marcava nove horas e a TV […]

Os 61 anos da TV no Brasil

Em 18 de setembro de 1950 tem início, com Assis Chateaubriand, o primeiro canal de televisão do Brasil: Rede Tupi. De lá para cá, muita coisa mudou. Passamos do improviso à profissionalização. A TV é um fenômeno de massas e influi decisivamente em nossas vidas. São muitas conquistas, mas nem tudo é festa. Na verdade, […]

José Queirós

Pode dizer-se do jornalismo que é um ofício em que se aprende a saber um pouco de tudo, sem se ficar a saber muito de nada. Grande parte dos profissionais são polivalentes — têm de se informar e informar diariamente o público sobre temas da mais variada natureza — e, mesmo nos casos em que […]

Os bastidores do Grupo Silvio Santos

  [do release da editora] Muito mais do que a trajetória de um líder empresarial vencedor, Aprendi Fazendo, de Luiz Sebastião Sandoval, lançado pela Geração Editorial, revela detalhes dos bastidores da história do Grupo Silvio Santos, do crescimento e consolidação até a crise do Banco PanAmericano, em novembro de 2010. O livro é o testemunho […]

Um passo para o autoritarismo

No dia 4 de setembro de 2011, no encerramento do 4º Congresso Nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), em Brasília, o partido apresentou um plano de intenções no qual, entre outras propostas, se destaca um marco regulatório da imprensa. O texto diz repudiar a censura aos meios de comunicação, mas(…)o jornalismo marrom de certos meios, […]

O dia depois de ontem

Às 6h23 (7h23 no horário de Brasília) do domingo, 11 de setembro de 2011, o voo 120, da Delta Airlines, vindo de São Paulo, aterrissou com segurança no aeroporto John Fitzgerald Kennedy, em Nova York, Estados Unidos. Enquanto a aeronave percorria a pista, cumprindo ritual de desembarque, ouvi a primeira referência ao 11 de setembro, […]

A mágica real é cortar custo

A turminha do Castelo Rá Tim-Bum e do Cocoricó vai ter que juntar forças com jornalistas, produtores de documentários, apresentadores e artistas para dar um novo impulso à TV Cultura e preparar a emissora para enfrentar a era digital. A popularização da TV por assinatura, o espaço cada vez mais crescente da TV conectada à […]

Jornal na porta pela manhã

Quando você recebe seu jornal na porta pensa no trabalhão que dá para que ele esteja ali pela manhã? O ombudsman do Washington Post, Patrick Pexton, relatou em sua coluna [16/9/11] o longo processo para que milhares de assinantes recebam seus exemplares todos os dias. A jornada começa às 2h15 da manhã nos centros de […]

Fiasco

  Nove entre dez mesas de debates na recente Bienal do Livro discutiram, em certo momento, a questão: o e-book – ou o livro digital, ou “as novas mídias” – vai acabar com o livro impresso? Nem a velha pergunta “Quem somos, de onde viemos, para onde vamos?”, nem a formulação de Freud “Afinal, o […]

Maria Antonieta e o malandro

Já há alguns anos, vivo um problema: meu fígado não suporta mais leitura de “jornalões” ou “revistões”, tampouco a audiência às “radionas” (no feminino, pois trato das emissoras) reacionárias do meu brasilzão, quanto menos do que dizem ser “jornalismo” nas TVs. Isso me expõe ao constante risco da ignorância sobre os fatos cotidianos, no qual […]