Thursday, 22 de February de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1275

crise política

Eleições no Brasil evidenciam o entrelaçamento da crise do jornalismo com a crise política

Publicado originalmente em objETHOS.   Na última semana, em meio ao turbulento período que antecede o segundo turno das eleições no Brasil, um dos candidatos à Presidência da República afirmou que não participaria dos debates organizados pela mídia com seu oponente. Simplesmente não irá, ou irá apenas “se achar que deve”, como declarou em entrevista […]

A prisão de Lula, os generais do Brasil e os ministros do STF

Texto publicado originalmente pelo blog Histórias Mal Contadas. A prisão do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT – SP) consolidou o Poder Judiciário como tutor dos poderes Legislativo e Executivo. Isso significa que juízes, promotores, desembargadores e ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) têm muito mais influência nos destinos dos brasileiros do […]

Sopa de letrinhas

A Europa está se desintegrando? Num artigo publicado no The New York Review of Books de janeiro deste ano, Timothy Garton Ash diz que se ele fosse submetido a um processo de congelamento em 2005 e só acordasse em 2017, sofreria um choque mortal. Em 2005, Ash teria ido para seu ano sabático como um […]

A política brasileira entre o caos e a disrupção

Trata-se de uma escolha bem complicada mas que estamos condenados a fazer, depois de observar o atual cenário da comunicação politica no Brasil. A palavra caos surge quando vemos que é todo um sistema político-partidário que está sendo implodido pelo impacto de delações premiadas. Disrupção é uma expressão muito nova em nosso vocabulário, oriunda do […]

Orquestra da crise toca plim-plim

A imprensa brasileira é grotesca, para não dizer coisa pior. Cabe a ela ter ética, imparcialidade e senso de realidade dos fatos, sempre fiel à verdade. Como disse, ela é grotesca, não cumpre com a decência e a honradez de sua missão: informar, isenta de interesses mesquinhos que gerem ganhos a uma parcela privilegiada. A […]

Há pontes entre o ‘nunca antes’ e o ‘nunca mais’?

Nunca antes na História deste País tantos foram a tantas ruas de tantas cidades para dizer “nunca mais na História deste país”. O problema está posto, mais claro impossível: a rejeição ao governo federal alcança níveis insuportáveis e a presidente e seus ministros já não conseguem dar uma única resposta às ruas (que não seja […]

Vão-se os dedos, ficam os anéis

Vamos inverter o ditado popular: “Vão-se os dedos, ficam os anéis.” Quando a pauta é uma velha conhecida, a corrupção, mudam os personagens, mas a prática continua. Mas será mesmo? Se a inversão funciona, o problema é estrutural? Se for, todas as partes que compõem a estrutura estão envolvidas. Basta olhar um pouco mais atento […]

Jornal afirma que setor financeiro já lida com um pós-Dilma

Na profusão de fatos gerados pelo terremoto político-jurídico-midiático, a partir das primeiras horas da manhã da última sexta-feira (04/03), com a “condução coercitiva” do ex-presidente Lula, em São Paulo, o jornal Valor Econômico “navegou” na crista da onda e brindou o distinto público com uma esdrúxula edição (sábado, domingo e segunda-feira, 5, 6 e 07 […]

Pessimismo político e otimismo econômico

Com o País atolado na maior recessão em 25 anos, o mercado de ações teve o melhor desempenho desde 2008, na primeira semana de março, e o dólar caiu como se o Brasil fosse o destino mais atraente e mais confiável para os investimentos. A economia brasileira encolheu 3,8% no ano passado, a indústria produziu […]

“Aedes brasilis”

Segundo o dicionarista Antônio Houaiss, entende-se como desabafo a “manifestação de sentimentos e pensamentos íntimos”, significando também o “desafogo” ou a “desopressão”. Desabafar representa abrir o jogo, isto é, dizer o que sentimos ou pensamos em relação a algo ou alguém. Desse modo, compreende-se melhor a intenção da coluna do Correio Braziliense intitulada “Desabafo”. Ali, […]

Como reconhecer o fundo do poço?

Os autores divergem. Além dos raros sobreviventes, as vicissitudes são tamanhas que poucos se animam a revivê-las. Menos ainda são os que têm fôlego para teorizar sobre o dantesco percurso. Dante inclusive. O fundo do poço é irreconhecível – ou para usar uma expressão recuperada pelo escritor-filósofo Garcia Rosa em recente entrevista ao Observatório da […]

O jornalismo político está matando a política

Em tempos de “combate à corrupção”, as delações premiadas se tornaram uma verdadeira obsessão dos jornalistas ligados ao segmento político no Brasil. Atualmente, o leitor desinformado terá dificuldades para identificar e diferenciar as informações políticas e as informações policiais presentes nas páginas dos jornais, sites e mídias sociais, particularmente nos veículos tradicionais de comunicação. A […]

O crescimento da coalizão conservadora

No ano que se passou, observamos um enorme esforço da mídia tradicional brasileira para transformar a opinião publicada em opinião pública. Em outras palavras: os meios de comunicação de massa (que representam interesses consolidados de grupos de elite), pelo seu poderio desproporcional na sociedade da informação, envidaram enorme esforço, de forma articulada, para determinar que […]

A informação como gene do caos

A crise brasileira não é só econômica. A bem da verdade, não parece muito iluminada a iniciativa de defini-la exclusivamente a partir dos dados financeiros; aliás, um dos graves retratos da verdadeira crise em curso no Brasil está ocultado nesses mesmos dados, entre outros: quem os coleta? De que maneira os seleciona? E ainda, o […]

O dilema do Grupo Globo

O Grupo Globo cresceu 15% em 2014, tornando-se o 17º maior proprietário de mídias do mundo (já mencionei o fato na edição 863 deste Observatório). É o terceiro que mais cresceu no ano passado, atrás apenas do Facebook (63%), e do Baydu, da China (43%). O Google é o número um e em toda a […]

“Só por hoje”

“Só por hoje” é um princípio seguido à risca por alcoólicos anônimos, com resultados comprovados. Mas pode ser um mantra, também, contra qualquer tipo de vício. A ideia, simples, é dar um passo de cada vez. A cada 24 horas, uma batalha vencida. Os movimentos conhecidos por AAA – Associação dos Alcoólicos Anônimos –, surgidos […]

O estado da arte na véspera do apocalipse

…E se porventura contássemos com os brilhantes analistas políticos e enérgicos editorialistas dos anos 50, 60 e 70, nossa imprensa teria condições de contornar ou minorar o stress e os impasses deste ominoso mês? Se o Doutor Ulisses e Tancredo Neves ainda estivessem na ativa este vazio agônico já estaria superado? O que incomoda mais […]

Os delatores, a imprensa e o bate-boca político

O artigo de Luiz Claudio Cunha “Dilma, Kissinger, os delatores e o bate-boca” – vide link http://www.observatoriodaimprensa.com.br/conjuntura-nacional/dilma-kissinger-os-delatores-e-o-bate-boca/ – faz uma crítica relevante aos excessos do que ele chama de imprensa pequena, alternativa, progressista, esquerdista, governista, petista e/ou legalista. Em certo momento do artigo, ele decide, para não ferir suscetibilidades e por achar mais saudável definir […]