Monday, 22 de April de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1284

eleições

A grande batalha digital

Faltando poucos dias para o segundo turno da eleição presidencial de 2022, a internet se transformou na arena preferencial de uma batalha política em que a ocupação de espaços virtuais se tornou mais importante do que a persuasão na conquista de novos eleitores.  É um desdobramento do extraordinário aumento da produção e circulação de notícias […]

Deus vai votar em Bolsonaro?

Para saber o que se trama entre pastores das ovelhas evangélicas, nunca bloqueei o que me chega deles pelas redes sociais, geralmente fake news cabeludas, mentirosas ao extremo, digeridas sem problema por pessoas ingênuas ou tolas, sem cultura e sem espírito crítico, na maioria leitoras de um livro só, a Bíblia, geralmente sem entender. Pessoas […]

A imprensa ainda não sabe lidar com a mentira em campanhas eleitorais

O episódio Damares Alves envolvendo supostas violências sexuais contra crianças na ilha de Marajó mostrou como a imprensa brasileira está desnorteada diante da normalização da mentira como ferramenta eleitoral. As declarações da ex-ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos se mostraram tão fantasticamente inverossímeis que a maior parte do público leitor de jornais não se […]

Somos uma nação desorientada

Os resultados do primeiro turno das eleições presidenciais mostraram a intensidade da desorientação do nosso eleitorado diante das consequências da transição da era analógica para a digital. Um segmento da população demonstra um medo, não assumido, pelas incertezas geradas pela revolução tecnológica, enquanto outro propõe mudanças, mas não consegue oferecer soluções para pelo menos três […]

Volte a sonhar

Um dos melhores programas culturais de São Paulo começa neste mês de outubro, e acontece entre os dias 20 de outubro e 2 de novembro: a Mostra Internacional de Cinema, que apresenta 223 títulos escolhidos a dedo.  Entre eles, o vencedor da Palma de Ouro no Festival de Cannes, “Triângulo da Tristeza” de Ruben Östlund, […]

As vacilações do jornalismo na cobertura de ameaças à democracia

A cobertura da imprensa sobre a polarização política contribui ou não para deteriorar a confiança na democracia entre leitores, ouvintes, telespectadores e usuários de redes sociais? Esta pergunta foi feita em 2015 pelos pesquisadores norte-americanos Matthew Levendusky e Neil Malhotra [1] e desencadeou uma polêmica sobre as consequências deste processo no enfraquecimento da democracia.  Se […]

Deputados, personagens eventuais no jornalismo político local

  “O único sentimento que alguém pode ter acerca  de um evento que ele não vivenciou é o sentimento  provocado por sua imagem mental daquele sentimento”.  Walter Lippman     A evidência de que a campanha eleitoral deste ano focou e privilegiou a Presidência da República revela o quanto as disputas regionais, estaduais, são tratadas […]

Ganhou a extrema-direita reacionária evangélica

A primeira e mais grave constatação que posso fazer diante dos resultados obtidos por Lula e Bolsonaro neste primeiro turno, é a da grave miopia da nossa esquerda diante do avanço dos evangélicos, hoje um movimento populista religioso de extrema-direita alimentado pela extrema-direita norte-americana, ao qual se agregou politicamente boa parte do protestantismo histórico, que […]

A militância bolsonarista e a luta do bem contra o mal

A cobertura do processo eleitoral do primeiro turno das eleições brasileiras feita pela mídia revelou uma característica assustadora: a propagação da violência política e da intolerância praticada por bolsonaristas radicais em todo o país. Percebemos que a morte de Marcelo Arruda na própria festa de aniversário, em Foz do Iguaçu, não constituiu um caso isolado, […]

A imprensa também é responsável pela atual polarização político/ideológica

A maioria absoluta da imprensa informa sobre a crescente polarização política ideológica no Brasil e no mundo como se ela fosse uma mera observadora do fenômeno. Uma análise mais detalhada revela, no entanto, que jornais, revistas, telejornais e influenciadores digitais são participantes no processo polarizador ao condicionar a opinião pública a partir de agenda de […]

Sete de Setembro foi o dia de República das Bananas do Brasil

O dia de República das Bananas é a descrição que melhor se encaixa para descrever a mistura tóxica feita pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) entre os desfiles cívico-militares das comemorações do Bicentenário da Independência do Brasil com a sua campanha pela reeleição. A presença, no palanque oficial, de generais, entre eles o ministro da Defesa, […]

“Querem botar na minha conta” é a frase mais usada por Bolsonaro

Nos tempos que comecei a minha caminhada como repórter, em 1979, era tradição nas redações dos jornais que a iniciação do “foca” se desse pelos plantões. Não sei como é hoje. Mas no início dos anos 80 os plantões eram uma correria, principalmente quando havia uma ocorrência policial. Além de ser visto com desconfiança pelos […]

O sistema midiático e seu papel nas eleições

A imprensa é uma instituição que reflete em seu modo de operação, estrutura e características, os traços sociais e políticos da sociedade onde está inserida [1]. Três teorias regeram o modelo de atuação dos meios de comunicação e como eles evoluíram até o presente momento. Os meios se tornaram de massa exercendo um sistema de […]

Cobertura eleitoral ignora agenda do cidadão comum

Quase 50 anos depois de ter sido lançada, a ideia da valorização da lista de problemas, desejos e necessidades do eleitor começa a ser adotada em várias partes do mundo, contrastando com o que acontece na grande imprensa brasileira. A chamada agenda cidadã surgiu em meados dos anos 70 nos Estados Unidos quando alguns jornais […]

A desgraça que assola nosso Brasil

Toda religião merece respeito, toda religião que prega o bem, a paz entre os homens, toda religião que considera iguais todas as pessoas, não importa a sua cor, seu gênero e suas opiniões. Toda religião merece respeito se ela não usa o nome de suas divindades, os livros sagrados, para induzir pessoas a apoiarem um […]

O jornalismo e os paradoxos das narrativas eleitorais

O jornalismo terá uma missão crítica na cobertura das eleições de outubro porque o que estará em jogo não são dados ou fatos, mas narrativas, a expressão da moda entre políticos e marqueteiros. Narrativa é a forma de arrumar dados, fatos e eventos para dar-lhes algum tipo de significado ou importância, e com isto influir […]