Wednesday, 06 de July de 2022 ISSN 1519-7670 - Ano 22 - nº 1195

Tv em Questão

Política e milagre na TV

A telenovela brasileira não vive da ficção, mas da realidade. Seu sucesso depende de sua capacidade de sintetizar um pacto de convivência imaginária do telespectador com suas aflições cotidianas. Você pode dizer que a literatura, o cinema ou o teatro propõem pactos semelhantes, mas há uma diferença crucial: a temporalidade desses pactos não se confina […]

O telejornalismo diante da tarefa de dizer o indizível

Frente às tragédias, o jornalismo televisivo se vê pressionado a uma árdua tarefa: manter viva a premissa de atualidade e de tempo real deste veículo, trazendo de forma ágil conteúdos, imagens e respostas ao espectador em relação àquilo que transcorre no mundo. Em resumo, cabe à televisão achar o que dizer sobre o indizível, ponderar […]

Quem tem medo da ficção?

Já é lugar-comum afirmar que as mídias mudaram radicalmente nos últimos anos. Com o advento das redes sociais, muitas vozes hoje ecoam – para o bem ou para o mal – com uma repercussão antes impensada. Por consequência, muitos temas, antes enredados nas tramas da invisibilidade, são hoje incluídos nas conversas do cotidiano, nem que […]

Tecnologias, memes e “assassinatos” de reputações na televisão

Os profissionais que atuam no jornalismo televisivo vivenciam um cenário de intensa diversidade tecnológica para a realização do seu trabalho. Há hoje uma vasta gama de tecnologias que podem ser empregadas para uma quantidade de estratégias e intenções dos jornalistas. As câmeras, por exemplo, evoluíram, popularizaram-se (na mão tanto dos profissionais quanto da população como […]

Uma lógica frágil e hipócrita

Conforme é do conhecimento de todos os que dominam a “gramática” deste veículo, os programas televisivos adoram uma história de redenção. A jornada daquele que nada tem, ou tudo perdeu, e dá uma reviravolta no destino reservado a ele, é, desde sempre, um prato cheio para as atrações de TV. Uma simples amostragem com edições […]

Os bons e os maus policiais

A edição de 21/09/2015 do Jornal Nacional, da Rede Globo, foi encerrada com uma reportagem um tanto “pitoresca”, com forte apelo à emoção do telespectador, “uma história bonita”, segundo a âncora do telejornal, “que fica ainda mais doce contada pela própria aniversariante” – no caso, uma garotinha de oito anos, moradora do morro São Bento, […]

O obscuro objeto do desejo televisivo

Dentre a vasta complexidade que abrange a experiência com a televisão, há um fator que é central para pensar no apelo e na relação que mantemos com este veículo: o selo do “ao vivo”. Ou seja, a crença coletiva de que a televisão se presta, sobretudo, para transpor os acontecimentos na tela à medida que […]

A ditadura da televisão

Refletir sobre democracia nos remete à obrigatoriedade de discutir o papel da televisão como atividade que permite a produção, transmissão e recepção de símbolos em escala e em proporções universais. Considerando a premissa de que a democracia se refere à questão de universalização do poder, mesmo que de forma representativa, a relação entre símbolo, poder, […]

Você gostaria de ser um meme?

Para começar, duas perguntas. A primeira: você venderia sua alma ao diabo? É uma provocação, obviamente – mas creio que, mentalmente, todo leitor deste texto tenha respondido, de pronto, que não. Afinal, todos nós temos com mais ou menos clareza uma lista de valores aos quais nos associamos e – ao menos em teoria – […]

A marca do estigma das boas intenções

É praticamente consenso que hoje vivemos tempos confusos, nos quais muitas das certezas que alguma vez tivemos estão sob questionamento. As dúvidas se estendem por todas as esferas da vida: a política e a privada; os ideais da vida profissional e as formas de como criar os filhos; as tentações de uma vida regida pelo […]

Mudando de tom

“Hoje é um novo dia de um novo tempo” (Rede Globo) De cara nova, o Jornal Nacional tenta recuperar o público deixado para trás em mais de quarenta anos de história. Esse cenário é uma realidade que afeta telejornais de todo o mundo. Estima-se que a audiência do JN desabou, sentindo o peso da “âncora” […]

Cuba em evidência

O OBSERVATÓRIO DA IMPRENSA do dia 21/7 , na TV Brasil, teve a felicidade de se manter ligado ao tema da edição anterior, quando apresentara a excelente entrevista concedida ao Alberto Dines pelo escritor cubano Leonardo Padura, uma das estrelas da recente Flip. Transcorrida uma semana, ele voltou para comentar o reatamento oficial das relações diplomáticas […]

A moralidade simplória da câmera escondida

Há um formato televisivo que, mesmo não sendo exatamente novo, tem sido bastante explorado em várias emissoras: os quadros jornalísticos (pois assim se anunciam) que, por meio de uma encenação feita por atores contratados, documentada por câmeras escondidas, buscam flagrar as reações de pessoas comuns frente a situações que supostamente testariam os valores morais destes […]

Para que serve a crítica de televisão?

Cenas interessantes emergiram da esfera do “mundo da televisão” esta semana: durante uma edição do programa A Tarde é Sua, da Rede TV!, a apresentadora Sonia Abrão reservou seis minutos para criticar o texto do jornalista Mauricio Stycer em que ele explicitou a super-exploração da morte do sertanejo Cristiano Araújo. Pauta de (até então) ao […]

A guerra em torno da identidade sexual

“Todo mundo tem direito à vida. E todo mundo tem direito igual” (Lenine, em “A rua da passagem”) Nos últimos anos, principalmente nos últimos meses, tem se acirrado uma guerra em nosso país, tendo a identidade sexual (ou melhor, as homossexualidades) como fator de disputa dessa briga, que é verbal e também física, infelizmente. Juntam-se […]

Além do clichê

Os meios de comunicação de massa nunca estiveram tão presentes na vida das pessoas, informando a coletividade e interferindo no seu comportamento. Quando a mídia se torna objeto de estudo é preciso entendê-la com base na compreensão de poder entre o subjetivo e o objetivo, o imparcial e o parcial da mensagem que se quer […]

A teoria da conspiração e a teoria do agendamento

Na década de 70, os pesquisadores e estudiosos da Comunicação Maxwell McCombs e Donald Shaw dedicaram-se a estudos tendo como intuito demonstrar a influência que alguns programas televisivos exerciam no que seria discutido e pensado entre os diversos segmentos da sociedade, ou seja, o público receptor da mensagem midiática. Com fulcro na supracitada pesquisa originou-se […]

Tiago Leifert sai, mas o estilo fica?

Todo domingo à noite, entre 2005 e 2010, fielmente assistia à MTV Brasil e aguardava ansiosamente pelo Rockgol, então apresentado por Paulo Bonfá e Marco Bianchi. O resumo da rodada do futebol com gols, entrevistas e comentários era abordado de forma muito divertida pelos apresentadores e não deixava de informar quem queria ver como foi […]

O enquadramento do outro e a lógica da TV que ajuda

Em meio à grande quantidade de “opiniões formadas sobre tudo” que proliferam hoje nas redes sociais, chamou-me a atenção um longo texto que “viralizou” (até o dia em que escrevo esta análise eram 1.278 curtidas e 348 compartilhamentos do Facebook). O texto é de Anderson França, criador da Universidade da Correria, instituição que promove cursos […]