Friday, 19 de July de 2024 ISSN 1519-7670 - Ano 24 - nº 1297

Projor anuncia novos membros

O Projor, instituição criada pelo jornalista Alberto Dines em parceria com o Labjor da Unicamp, em abril de 2002, e que reúne jornalistas, pesquisadores e profissionais com experiência de destaque no jornalismo, anuncia o ingresso de cinco novos membros associados.

Katia Brasil, editora-executiva da Agência Amazônia Real e vencedora de prêmios como o Esso Regional Norte 1991 e Women Journo Heroes (#JournoHeroes), da International Women’s Media Foundation (IWMF), em 2019, Prêmio Abraji de 2020 e Vladimir Herzog em 2022.

Maria Luiza Borges Lins e Silva, jornalista com 35 anos de experiência, formada em jornalismo e direito pela UFPE com mestrado em Comunicação e Tecnologia pela Universidade de Brunel, na Inglaterra. Atualmente atua como consultora de negócios digitais.

Moreno Osório, jornalista, professor de jornalismo e doutor em Comunicação. É cofundador e editor do Farol Jornalismo, newsletter que faz um acompanhamento crítico dos movimentos do jornalismo desde 2014. 

Paula Miraglia, fundadora e diretora da “Journalism and Tech Task force”. Também é cofundadora, diretora-geral e publisher da Gama Revista e criadora do Nexo jornal. É uma Sulzberger Fellow pela Columbia University. Faz parte dos conselhos do Center for News, Technology and Innovation, do International Press Institute, do Instituto de Referência Negra Peregum e da Plataforma Brasileira de Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos.

Ricardo Gandour, jornalista e engenheiro civil, com mestrado em Ciências da Comunicação e diversos cursos de extensão. Professor de jornalismo na ESPM-SP. Membro do conselho editorial do Grupo RBS e dos conselhos consultivos do Instituto Palavra Aberta, do Columbia Global Center Brazil, do Instituto TornaVoz e do Insper. Pesquisador visitante na Columbia Journalism School (2016-2017). 

Para o presidente do Projor, Sérgio Lüdtke, “a adesão de profissionais que estão entre os mais experientes e reconhecidos do país fortalece o Projor e amplia as competências do instituto para que ele possa colaborar ainda mais com o desenvolvimento do jornalismo brasileiro”.

O Projor coordena diversos projetos em favor do desenvolvimento do jornalismo como o Observatório da Imprensa, veículo jornalístico focado na crítica da mídia, com presença regular na internet desde abril de 1996, o Atlas da Notícia, censo anual que mapeia a presença do jornalismo local no Brasil e identifica os desertos de notícias, e o Codesinfo, um fundo de inovação que está beneficiando cinco organizações de mídia no desenvolvimento de projetos tecnológicos contra a desinformação.