Saturday, 02 de July de 2022 ISSN 1519-7670 - Ano 22 - nº 1194

Brasil

Os presbiterianos de Santos no olho do furacão

A cidade de Santos, apesar de sua tradição e maioria católica, tornou-se, nestes últimos anos, uma espécie de centro político-religioso do protestantismo presbiteriano tradicional de origem calvinista, mas de importação norte-americana. Nada a ver com os chamados evangélicos, cujos pastores são geralmente autodidatas sem uma formação teológica universitária. Nas três igrejas presbiterianas existentes em Santos, […]

Capitólio versão brasileira, ninguém deverá sair às ruas

Vou começar pelo fim: quando a Justiça Eleitoral anunciar o resultado final das eleições de outubro, se Bolsonaro não for reeleito, controle suas emoções e não saia às ruas para comemorar. Adie sua alegria e os festejos, espere passar a data da diplomação do presidente eleito com seu vice-presidente, após os prazos de questionamento e […]

Bolsonaro não aceitará uma derrota

Faz um ano, aqui no Observatório da Imprensa, eu recorria a uma série de discursos do cônsul romano Marco Túlio Cícero, pronunciados no Senado de Roma cerca de 40 anos antes de Cristo, adaptando-os à realidade brasileira. Eu dizia que o conspirador e golpista da época, Lúcio Sérgio Catilina, poderia ser facilmente identificado com o […]

Rachadinha e empregos fictícios na versão francesa

Depois de termos comentado a fama e o fato de o Brasil não ser um país sério, poderíamos ver agora com quem o Brasil poderia aprender a se tornar sério e respeitável. Diversos países poderiam servir de professores, porém a atualidade vem a calhar e nos leva a escolher, desta vez, a França. Ou mais […]

Não há meia democracia

Na democracia, assim como na gravidez feminina, não há meio termo. Não há meia democracia. É ou não é. Assume-se ou rejeita-se. Mas a imprensa parece ignorar este fato e tenta conviver com um governo que adota princípios que negam na prática o compromisso democrático. A indefinição é o grande dilema da mídia brasileira às […]

Imprensa erra ao chamar os “pastores do MEC” de lobistas. Eles são vigaristas

Nós jornalistas temos a mania de simplificar as coisas. E às vezes cometemos exageros que podem comprometer a exatidão das nossas matérias. Seguindo essa linha de pensamento estou sugerindo que examinemos um detalhe na cobertura do caso dos “pastores evangelhos do MEC”. No meio das matérias, eles estão sendo chamados de lobistas. Não são lobistas. […]

Vídeo substitui o dossiê de papel que circulava pelas redações em época de eleição

Até duas ou três eleições presidenciais passadas, logo nos primeiros dias do ano eleitoral começavam a circular pelas redações dos jornais dossiês com denúncias contra os candidatos. Eram páginas e páginas sob uma capa de cartolina surrada na qual estava escrita a palavra “sigiloso”. Era comum se ouvir entre jornalistas o seguinte comentário: “Daí, já […]

Operação militar de desesquerdização no Brasil

Na semana passada, me perguntava se havia mesmo risco de golpe e guerra civil este ano, no Brasil, torcendo para não passar de simples especulação. Ora, apenas alguns dias depois desse mau agouro, Bolsonaro deu mais informações sobre seu plano de tumultuar a democracia brasileira. Vai ser, como diria seu amigo Putin, “uma operação militar […]

A invasão da qual não se fala

Cresce o número de civis e de soldados mortos e feridos na invasão da Ucrânia pela Rússia. Enquanto isso, no Brasil, uma outra invasão vai se consumando: a dos agropecuaristas e garimpeiros entrando nas aldeias indígenas, ao que parece hoje sem proteção. Não vai dar filme como os do faroeste norte-americano, com os cowboys ou […]

Atlas da Notícia identifica redução de desertos e liderança do jornalismo online no Brasil

O Atlas da Notícia identificou uma redução de 9,5% no número de municípios considerados desertos de notícias no Brasil. Os desertos são municípios que não dispõem de informação jornalística local e hoje são 5 em cada 10 municípios brasileiros. Nessa condição estão 2968 cidades e nelas vivem 29,3 milhões de pessoas, o que corresponde a […]

Mas quem elegeu o capitão Desgraça?

Nas comemorações da passagem do ano, externei meu pessimismo diante da realidade de haver ainda um ano inteiro de Bolsonaro pela frente. Um ano é longo; é possível fazer muita besteira e, certamente, esse presidente fará. Hoje, gostaria de fazer uma volta ao passado e lembrar como pôde acontecer essa desgraça: a eleição de um […]

Podemos dizer Bom 2022?

Enquanto enchíamos a taça de champagne e os sinos começavam a anunciar a meia-noite do 31 de dezembro de 2021, muitos de nós pensávamos se valeria mesmo a pena brindar a chegada desse novo ano, 2022. Existem alguns sinais de que será um Bom Ano Novo para nós brasileiros? Uma rápida lembrança dos doze meses […]

Às portas de um novo ciclo político

A chegada ao poder presidencial do chileno Gabriel Boric Font, um homem de esquerda, que tomará posse no próximo 11 de março, parece anunciar um novo ciclo político na América Latina. As pesquisas realizadas na Colômbia e no Brasil, que deverão eleger os seus chefes de Estado em 29 de maio e 1 de outubro […]

Jornalismo, ativismo e a posição de jornalista

De tempos em tempos, a história nos exige um pouco mais. Não apenas nos impele a construir certos consensos, validados pela ofensiva aos valores democráticos, mas também nos convoca a tomar posições diante das ameaças de retrocessos. E isso, com certeza, vale para o jornalismo. Se nosso ponto de partida compreende o jornalismo como uma […]

Que falta nos faz um país

Para achar o mapa do Brasil nas letrinhas da imprensa é preciso focar no atalho das páginas, nem só políticas, econômicas ou variedades. É utilizar o olho como uma polaroid e ir fotografando as manchetes alternativas, que pode começar na piauí deste mês. Que falta nos faz um país é o título de uma das […]

Bolsonaro e a destruição gradativa do Brasil

Faz alguns dias, o governo Bolsonaro cortou da verba destinada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, 600 milhões de reais que deveriam ser destinados às pesquisas já programadas pelos nossos cientistas. Em outras palavras, a verba já era uma merreca, digna de país africano; agora houve um corte de 90%. Só isso basta para […]